Foram feitas um monte de luvas bacanas para lidar com touchscreens capacitivas como a do iPhone, mas acabou que a Apple patenteou uma própria ainda em 2007.

A patente da Apple apresentava uma camada externa que poderia ser puxada para trás, permitindo que a camada interna tocasse o dispositivo. Essa camada interna iria estimular a carga elétrica de um dedo quando exposto, permitindo a operação do iPhone pelo tecido. A patente original foi arquivada um dia antes do lançamento do iPhone, mas nunca viu a luz do dia. É uma idéia legal, comparada com outras soluções, mas ainda bobinha o suficiente para ter sido mais embaraçosa do que útil caso tivesse sido lançada. [AppleInsider]