Dezenas de ativistas colocaram um peitão inflável em frente à sede do Facebook em Londres para protestar contras as restrições da plataforma a imagens de nudez, segundo informa a BBC.

Os protestos foram liderados por Vicky Martin, uma tatuadora médica especializada em recriar  aparências de aureolas em pessoas que foram submetidas a uma mastectomia (remoção do seio) como parte do tratamento de câncer de mama. Sua página no Facebook, mostrando seu trabalho e sua clientela, foi recentemente sinalizada e suspensa por violar as diretrizes da comunidade da plataforma que proíbem pornografia e nudez, o que inclui certas representações de mamilos femininos descobertos.

Depois de tentar recuperar sua página, ela tentou chamar a atenção da rede de uma outra forma: colocando um peitão falso, com mamilo e tudo o mais, com as palavras “isso é arte” na porta do escritório da empresa no Reino Unido.

“Isso é sobre dar direitos às mulheres para poder mostrar a outras que elas parecem completas novamente após uma jornada tão longa”, disse Martin em entrevista à BBC. “É sobre mostrarmos que isso é arte. Não é pornográfico, é lindo”.

Posteriormente, o Facebook suspendeu a proibição, dizendo à BBC que seu algoritmo sinalizou a página de Martin por engano. “O perfil de Vicky não deveria ter sido suspenso — isso foi um erro e lamentamos o transtorno causado”, afirmou um porta-voz do Facebook à BBC.

Embora a maioria das plataformas online possua algum tipo de código para moderar o que os usuários podem postar, a longa lista de conteúdos proibidos do Facebook permanece particular, apesar de pegarem menos pesado com imagens de seios nos últimos anos.

Anteriormente, suas diretrizes de comunidade declaravam que os mamilos só poderiam ser representados no contexto da amamentação ou processo de parto, e essas exceções foram ampliadas para incluir “situações relacionadas à saúde (por exemplo, pós-mastectomia, conscientização do câncer de mama ou cirurgia de redesignação sexual) ou um ato de protesto”.

Dados esses adendos, nos quais a página de Martin parece ser classificada, é intrigante o motivo pelo qual o Facebook não voltou atrás imediatamente. Mas então eu e o resto da internet nunca teríamos aprendido que peitos gigantes infláveis eram algo que você poderia ter feito para chamar a atenção.