Um microfone no rover Perseverance, da Nasa, conseguiu capturar os sons feitos pelo Ingenuity durante o quarto voo do helicóptero em Marte. É a primeira vez que uma máquina em outro planeta captou os sons produzidos por outro veículo.

“Esta é uma surpresa muito boa”, disse David Mimoun, líder científico do microfone SuperCam Mars, em um comunicado da agência espacial norte-americana.

Testes na Terra sugeriram que o microfone do rover “mal captaria os sons do helicóptero”, disse ele, dada a atmosfera extremamente fina de Marte, que é cerca de 1% da Terra. Mimoun, professor de ciência planetária no Institut Supérieur de l’Aéronautique et de l’Espace na França, disse que sua equipe teve “sorte de registrar o helicóptero a tal distância” e que “a gravação será uma mina de ouro para nossa compreensão da atmosfera marciana.”

Segundo a Nasa, os “cientistas tornaram o áudio, que é gravado em mono, mais fácil de ouvir, isolando o som da pá do helicóptero de 84 hertz, reduzindo as frequências abaixo de 80 hertz e acima de 90 hertz e aumentando o volume do sinal restante. Algumas frequências foram cortadas para trazer à tona o zumbido do helicóptero, que é mais alto quando ele passa pelo campo de visão da câmera.” Anteriormente, a Perseverance usou o mesmo instrumento para gravar os sons de pulsos de laser atingindo amostras de rochas.

Assine a newsletter do Gizmodo

A Perseverance estava a cerca de 80 metros do helicóptero no momento em que gravou o áudio. Agora que o Ingenuity completou quatro decolagens e pousos com sucesso, a equipe da Nasa está pronta para levar o experimento para o próximo nível, com tarefas mais ambiciosas pela frente. Em breve, no entanto, a missão precisará passar para a agenda principal, que é a busca por sinais de que já existiu vida na cratera de Jezero, na época em que Marte tinha água líquida abundante em sua superfície.