O lançamento do Windows 7 será uma época movimentadíssima para os laptops. Podemos esperar uma série de aparelhos móveis de alta capacidade usando Intel Core i7 e finíssimos notebooks equipados com os novos processadores dual-core V quando o novo sistema operacional chegar.

A nova geração da plataforma Centrino da Intel, codinome Calpella, será lançada no fim de setembro, diz a MSI. Isso significa novos notebooks velozes com CPUs mobile baseadas em Nehalem, e os chipsets chegarão bem a tempo de colocar o Windows 7 no disco rígido.

A MSI vai lançar notebooks de 15,4 e 17 polegadas com Windows 7 e equipados com o os novos Core i7 7200M, Core i7 8200M e Core i7 920XM. Espera-se que a CPU Clarksfield da plataforma mobile Core i7 seja uma versão menos poderosa da versão para desktop que gostamos tanto, mas será um dos maiores saltos de poder em laptops em muito tempo. Os Core i5 e i3 (codinome Arrandale), também mobile, só estão planejados para chegar no primeiro trimestre de 2010.

Também vindo da Intel mais ou menos ao mesmo tempo (nosso chute é setembro, durante a Intel Developers Conference) estão os novos processadores dual core ULV. Anteriormente chamados de CULV, eles são voltados aos laptops ultrafinos (como o Acer Timeline). A MSI planeja usar os novos chips Core 2 Duo SU4100 e SU7300 no X420 (update do X400) e X620 (update do X600), que serão vendidos com WIndows 7.

Por que isso é importante? A MSI diz que o preço desses notebooks incrivelmente finos vai ficar no mesmo patamar (de 600 a 900 dólares, mais ou menos), mas os chips oferecem performance melhor que a dos Celerons que estavam usando.

O que tudo isso realmente significa é que não apenas a MSI vai estar colocando no mercado um caminhão de notebooks com chips e sistema operacional novíssimos, mas também as outras fabricantes de notebooks (sim, inclusive a Apple) provavelmente farão o mesmo. Talvez você queira esperar um pouquinho para pegar um PC novo; esses notes chegam ainda este ano.