Existem canetas de impressão 3D que transformam seus desenhos em esculturas tridimensionais, mas a Polaroid quer elevar esses acessórios para outro patamar. E, em vez de plástico, a companhia anunciou uma caneta que usa doces derretidos para que, quando sua obra-prima estiver completa, você possa comê-la.

A CandyPlay 3D não é uma ideia inteiramente nova. Já vimos impressoras 3D atualizadas para fabricar peças com material comestível em vez de plástico; sem contar uma caneta de impressão lançada em 2015 que usa chocolate como matéria-prima.

O que diferencia o acessório da Polaroid é que ele não depende de um software para projetar um modelo tridimensional previamente, já que o funcionamento é 100% independente. Além disso, ao contrário da caneta de chocolate, o doce utilizado é rígido e frio o suficiente para que possa ser colocado em camadas e, assim, construir modelos 3D lentamente.

Em sua embalagem padrão, a 3D CandyPlay vem com quatro cartuchos de doces, todos no sabor morango, e que parecem ser muito mais fáceis e limpos de carregar do que tentar despejar um punhado de açúcar dentro da caneta. Aliás, o material de impressão comestível parece não ter açúcar em sua composição.

Assine a newsletter do Gizmodo

Os cartuchos, por sua vez, não são grandes, e refis para outros cinco sabores podem ser adquiridos separadamente: laranja, maçã, uva, limão e cola Refis. A companhia vende um pacote contendo 40 cartuchos sortidos por cerca de US$ 28, e outro com 48 sabores por US$ 32.

O uso da caneta em si parece ser fácil: você conecta o acessório via cabo (não há bateria recarregável), espera um LED dizer que o mecanismo de aquecimento está na temperatura certa e por último pressiona um botão para definir se o material pegajoso sairá continuamente ou se ele só será despejado conforme você clica no botão.

O que você cria depende completamente de sua imaginação e nível de habilidade, mas a Polaroid recomenda começar com alguns moldes ​​que são fornecidos para download em seu site, para que os usuários possam se familiarizar com o funcionamento da caneta. Provavelmente não é tão fácil quanto usar uma caneta esferográfica, mas a recompensa parece ser deliciosa.

A CandyPlay 3D é vendida por cerca de US$ 50, o que equivale a R$ 285 na conversão direta.