Do nosso insignificante ponto de vista terráqueo, o sol parece bastante uniforme. No entanto, um olhar mais próximo do astro-rei revela este novo mapa magnético em plena atividade — e com alguns intrigantes pontos brilhantes.

>>> O que aconteceria se um cometa gigante atingisse o Sol?
>>> Os detalhes encantadores do Sol num vídeo em 4K

O Solar Dynamics Observatory, da NASA, revelou este novo mapa magnético que exibe todo o campo magnético nos arredores do sol, após fazer uma série de análises da superfície solar.

Dessa vez, porém, há algo diferente acontecendo. Dê uma olhada nessas linhas — elas não estão apenas se precipitando de forma caótica para fora, existe uma ordem aí.

As linhas convergem para os pontos mais brilhantes do Sol. Isso ocorre porque esses pontos brilhantes são os lugares com maior atividade magnética. Quando os pesquisadores observaram as linhas do campo magnético, eles puderam ver como esses locais mais ativos estão se movimentando e sofrendo alterações.

Entender as variações de campo magnético do Sol é importante, pois elas podem gerar tempestades solares (o que, por sua vez, pode influenciar os níveis de radiação no espaço), prejudicando sistemas de comunicação via satélite e causando auroras boreais

Abaixo, a imagem completa:

pontos-brilhantes-sol-full

Crédito: NASA/SDO/AIA/LMSAL