Lançado em maio deste ano, o “DJI Mini 3 Pro” é a nova versão da popular série Mini da DJI, que busca entregar recursos de drones mais parrudos em um gadget compacto, que pesa menos de 249 gramas.

Entre os destaques do novo drone está o novo sistema de segurança de prevenção de obstáculos que funciona em três direções, algo considerado impressionante para um equipamento tão pequeno e voltado para o público iniciante, segundo apontou o site TechRadar. Ele também recebeu um novo chip CMOS de 1/1,3 polegadas que conta com uma abertura máxima de f/1.7, o que aumenta o seu desempenho de imagem em ambientes com pouca luz.

Além disso, a câmera pode ser girada em um ângulo de até 90 graus – o que permite gravação vertical, para postar em redes sociais –, faz vídeos em HDR em 4k (com até 60 quadros por segundo), e traz o recurso “FocusTrack” para seguir pessoas ou objetos em movimento. É possível ainda fazer vídeos em câmera lenta em 1080p a 120 fps.

O corpo do drone também foi melhorado, ganhando hélices maiores, além de uma estrutura com inclinação aerodinâmica. Já a bateria garante uma autonomia de até 34 minutos no ar, porém, existe a opção de adquirir separadamente a “bateria de voo inteligente plus”, que amplia essa autonomia para até 47 minutos.

Segundo a DJI, o sistema de transmissão de vídeo funciona a até 12 km de distância. O drone em ação pode ser visto abaixo:

Dronezinho dispensa registro

Por ter menos de 250 gramas, o uso do DJI Mini 3 Pro no Brasil não requer que o usuário faça o cadastro do drone junto à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

No momento do fechamento desta matéria, a versão mais básica do DJI Mini 3 Pro é comercializado com 22% de desconto no site AliExpress, por R$ 4.809,99 (link direto da oferta). Já a versão anterior, o DJI Mini 2, está promocionalmente 29% mais barato, custando R$ 2.531,95 (link direto da oferta).