Você não pode fumar dentro de aviões. Por vários motivos (relacionados à segurança e etiqueta) essa é uma ideia sensacional, ainda que deixe algumas pessoas impacientes em voos longos. Sendo assim, por que diabos eles instalam cinzeiros nos banheiros de aviões?



Talvez passe pela sua cabeça de que eles sejam herança de dias mais liberais em aviões que logo serão substituídos graças ao peso da idade — se sim, você está errado. O fumo foi banido completamente dos voos há bastante tempo, então já teríamos visto mudanças a essa altura se fosse esse o caso. Na realidade, acontece que cinzeiros em banheiros de aviões são obrigatórios. Do Código Federal de Regulamentações norte-americano para assuntos aéreos:

“Independente se fumar é permitido em qualquer parte do avião, os banheiros de aviões devem conter cinzeiros independentes e removíveis localizados bem à vista ou próximo à entrada, ao lado de cada porta dos banheiros, exceto quando o cinzeiro possa servir a mais de um banheiro se ele puder ser prontamente visto da cabine lateral de cada banheiro servido.”

Como é que é?! Se essa história soa incrivelmente maluca a você, não se preocupe: existe uma explicação para o motivo de aviões não poderem deixar os terminais se não tiverem um cinzeiro a bordo. Matt Simmons fez alguma pesquisa sobre o tema e, em seu blog, ele explica:

“Em 1973, um avião caiu e matou 123 pessoas e a queda foi atribuída a um cigarro descartado de forma inapropriada.

A FAA decidiu que algumas pessoas (contrariando as políticas contra o fumo, placas de alerta, detectores de fumaça e as comissárias de bordo) fumarão de qualquer forma e, quando assim fizerem, é melhor que haja um lugar correto para jogar a bituca.”

Então é isso: cinzeiros tornam o seu voo mais seguro. [Standalone Sysadmin via BoingBoing. Foto: Fuzzy Gerdes/Flickr]