A Apple deu início nesta sexta-feira (15) à pré-venda de sua nova linha de smartphones no Brasil. São quatro modelos: iPhone 13, iPhone 13 mini, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max.

Apresentada em setembro, a nova linha de iPhones não conta com grandes mudanças quanto ao design em comparação a sua versão anterior, o iPhone 12. No entanto, os novos aparelhos ganharam melhorias.

Assim como foi com os smartphones de 2020, a nova linha não virá com fones de ouvido e carregador de tomada — o único acessório incluso é o cabo USB. No Brasil, o carregador custa R$ 199 na loja oficial, enquanto os fones de ouvido com fio saem por R$ 219.

Os preços dos smartphones também já haviam sido divulgados em setembro, com a versão Pro Max se tornando o celular mais caro à venda no Brasil, no valor de R$ 15.499.

Confira os preços no Brasil

  • iPhone 13 R$ 7.599 a 10.599
  • iPhone 13 mini R$ 6.599 a R$ 9.599
  • iPhone 13 Pro R$ 9.499 a R$ 14.499
  • iPhone 13 Pro Max R$ 10.499 a R$ 15.499.

Os valores dos aparelhos variam conforme a capacidade de armazenamento, que vai de 128 GB até 1TB — a possibilidade de contar com mais espaço é uma das novidades do smartphone.

Algumas lojas varejistas estão investindo pesado nessa pré-venda do aparelho. Um exemplo é a Magazine Luiza, que está fazendo parcelamento em até 30 vezes, além de uma ação cashback para seus clientes.

Assine a newsletter do Gizmodo

Outras empresas (de bancos a operadoras de celular) também estão fazendo ações para essa reserva.

As entregas dos smartphones começam no próximo dia 22 de outubro, data que supostamente marca o início das vendas gerais no Brasil. Essa informação, no entanto, ainda não foi confirmada oficialmente pela empresa.