A China vai conseguir construir o prédio mais alto do mundo em 90 dias?” Fizemos esta pergunta há dois anos, e segundo um jornal local chinês, a resposta é um inequívoco não – o governo acha que o plano é perigoso demais.

Lá em 2013, uma empresa chamada Broad Group anunciou que iria construir o Sky City, um edifício de 838 m, em apenas três meses. Eles usariam uma tecnologia própria de pré-fabricação: ela permite que cada andar seja pré-montado em uma fábrica e enviado para o local.

O CEO da Broad Group, Zhang Yue, tinha boas razões para ser levado a sério: a empresa demonstrou que estas técnicas de pré-fabricação permitiriam montar um edifício de 30 andares em quinze dias.

E este ano, um prédio de 57 andares foi construído pela Broad Group em apenas 19 dias, como uma prova de conceito – um edifício que a empresa chama de “Mini Sky City”.

Quando a proposta da Broad Group foi inicialmente sugerida, o gerente-geral da empresa nos EUA, Sunny Wang, disse ao Gizmodo que eles só precisavam de autorização oficial. “Ainda estamos na fase de pedir a permissão de construção”, disse ele na época. “Esperamos começar em setembro.” De fato, eles começaram a escavar a fundação em Changsha – onde fica a sede da empresa – há dois anos.

Mas vinte meses se passaram desde que o plano foi anunciado. E as coordenadas do local mostram apenas um “lago” com bordas irregulares, que corresponde aproximadamente à área proposta do edifício:

Projeto do Sky City Projeto do Sky City (4) Projeto do Sky City (1)

No ano passado, descobrimos que o local ainda estava vazio, embora estivesse sendo usado por alguns moradores próximos para plantar melancia e milho, enquanto a Broad Group tentava obter permissão para iniciar a construção no local.

De acordo com o site local Xiaoxiang Chen Bao, citado hoje pelo South China Morning Post, o poço está sendo usado como um lago artificial, servindo como uma fazenda de peixes:

Um morador começou a criar peixes em março e já investiu mais de 20.000 yuans em seu negócio. “Eu crio peixes no canteiro de obras. Não é em segredo, nem me pediram para parar”, ele disse ao jornal local.

Fotos do jornal mostram evidências desse aspecto mais pastoral do projeto:

https://twitter.com/CMCMFIN/status/620860160664178689

Claro, todo esse caso está longe de ser inédito: ao redor do mundo, sobram histórias de arranha-céus que seriam construídos mas pararam em alguma fase inicial.

Só que a Broad ainda estaria tentando atravessar a burocracia do governo chinês para erguer o Sky City. Em junho, uma reportagem da BBC sobre Zhang Yue dizia que a empresa ainda busca autorização para começar a construir. “Edifícios de 350 m precisam ser aprovados a nível nacional em Pequim”, um porta-voz disse à BBC. “Devido a isso, a data de início oficial do Sky City ainda é incerta.”