No dia 12 de julho, o mundo terá acesso às primeiras fotos coloridas tiradas pelo Telescópio Espacial James Webb. As imagens, tão aguardadas por cientistas do mundo todo, serão divulgadas durante uma transmissão ao vivo no site e aplicativo da NASA, marcada para às 11h40 (horário de Brasília).

A agência espacial também deve compartilhar o momento em suas contas oficiais no Facebook, Twitter, YouTube, Twitch e Daily Motion. Dessa forma, ninguém pode inventar desculpas para ignorar esse momento histórico da astronomia. 

Em 13 de julho, um dia após a divulgação das imagens, a NASA fará uma coletiva com especialistas do James Webb, que responderão perguntas do público. Os internautas podem enviar suas questões através das redes sociais usando a hashtag #UnfoldtheUniverse. O evento também será transmitido ao vivo no site e nas redes sociais da NASA.

A NASA, a Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Espacial Canadense (CSA) planejam apresentar mais de uma imagem ao público, embora o conteúdo delas não tenha sido divulgado. O foco inicial dos cientistas é mostrar a capacidade máxima do telescópio espacial, astrônomos e o público de boca aberta.

Depois da divulgação das fotos, o James Webb deve seguir em frente com sua missão principal: gerar aos pesquisadores dados sobre a origem do Universo. O telescópio tem capacidade para operar no espectro das ondas infravermelhas, o que permite enxergar galáxias e estrelas que se formaram há 13,5 bilhões de anos.