Antes de tudo: sim, o nome do lugar onde lemos a notícia é "Blog do iPhone" e, sim, eles obviamente gostam demais do smartphone da Apple. Mas vamos dar o crédito: este é o primeiro vídeo que mostra o que já tinha ouvido falar dos poucos conhecidos meus com iPhone 4 no Brasil: o problema de sinal, mesmo que você segure errado, não é tão grave na maior parte do tempo, mesmo sem capinha.

Algumas das conclusões dos testes, segundo o Blog do iPhone: 



– É preciso apertar bem o aparelho na mão para conseguir provocar o fenômeno. Segurando naturalmente, ele não acontece;
– na Vivo, Claro e TIM, apenas uma barra caiu. Ou seja, a mão realmente interfere no sinal, mas não a ponto de cair nenhuma ligação como muitos afirmam sem testar;
– na Oi (Brasil Telecom), as barras caíram de 4 para 1, mas o sinal não desapareceu. Em testes posteriores, constatou-se que uma chamada normal também não cai e nem perde qualidade. Mais uma vez, o teste foi feito em uma região específica, não significando que a operadora tenha sinal fraco em outras localidades;
– no iPhone 3GS também o fenômeno se repete, perde uma barra e depois volta quando a mão não toca na lateral. Mas estranhamente ninguém nunca reclamou disso no passado.

Sim, eles são fãs. No início do Antennagate o pessoal de lá encampou a tese de Jobs que ou o problema não existe ou é igual em todos os smartphones (não é em todos, mas afeta alguns, sim). E o texto das conclusões estão meio em tom de defesa, dizendo que não há falha no aparelho, mas na transmissão da operadora. Na verdade onde a transmissão é ruim (acredite, em várias cidades americanas, a AT&T é pior que a pior operadora brasileira), o problema de atenuação de sinal do iPhone 4 ao se segurar no canto inferior esquerdo do aparelho provoca a queda de barrinhas. Isso não significa necessariamente ligações cortadas ou perdidas, bom que se diga.

Antes que comece a guerra nos comentários, dizendo que somos fanboys da Apple e tudo, vamos deixar as coisas claras: eu não estou defendendo o iPhone 4. Só estamos tentando esclarecer uma informação que ficou meio confusa durante a cobertura: há um claro problema de interferência de sinal sim, que pode ser mais ou menos grave – mas está longe de significar que o iPhone 4 não funciona como telefone, como muitos estão dizendo. Ok? Acalmem-se.

Assista o vídeo e leia detalhes do teste no [Blog do iPhone].