A AMD está na cola da Intel no mercado de processadores há anos, e não é nenhum surpresa que eles entrem na disputa móvel junto com a concorrente. Sim, eles têm planos de desenvolver processadores para tablets. Como dois gorilas tentando diminuir para lutar dentro do seu bolso.

Rory Read, CEO da AMD, mostrou os planos em um encontro com analistas, mostrando o roadmap da empresa proposto para até 2013. A maior revelação foi a de que podemos esperar os primeiros chips móveis da AMD — com o codinome Hondo (como John Wayne) — em tablets com Windows 8, ainda em 2012. Sobre os outros anúncios, eis um resumo rápido: a AMD fará processadores de um, dois e quatro núcleos para aparelhos móveis, e continuarão fazendo chips maiores/mais velozes/melhores para laptops e desktops — com foco principal em diminuir o consumo de energia dos processadores. E com as notícias de que o Windows Phone 8 será baseado no kernel do Windows 8, podemos ver esses pedaços de silício em smartphones também. Se você quiser ver a versão estendida do que foi revelado, clique aqui. Mas o resumo é simples: mais competição no mercado de processadores móveis. [VentureBeat]