Nos últimos anos, a procura por desenvolvedores Python está crescendo no Brasil (e no mundo), não apenas porque esta é uma linguagem de programação popular, mas, principalmente, pelo fato de que ela se tornou uma ferramenta útil em diversas áreas.

O Python é uma linguagem fácil de aprender, podendo ser utilizadas em aplicativos até o emprego à internet, passando por ciência de dados a aprendizado de máquina.

NASA, Instagram e Spotify são apenas alguns exemplos de grandes organizações que usam a linguagem em seus projetos. Porém, como aponta o Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), esta linguagem de programação também oferece benefícios a organizações de diferentes tamanhos, incluindo aquelas de pequeno porte.

Por isso, o profissional que tem domínio sobre esta linguagem de programação terá boas oportunidades no mercado de trabalho. “O mercado para programadores(as) Python está cheio de boas oportunidades. Quem avança na carreira pode ter ganhos mensais de aproximadamente R$ 4.000. Já os desenvolvedores Python sênior alcançam rendimentos médios de R$ 7.000 ao mês”, diz o IGTI.

Como aprender Python

Para quem tem interesse na área, é possível encontrar cursos online que ensinam como começar a programar em poucas semanas. O IGTI, por exemplo, oferece o bootcamp “Desenvolvedor(a) Python” (link do curso), em que é possível aprender os conceitos fundamentais dessa linguagem de programação em menos de 3 meses, aprendendo a automatizar tarefas, criar aplicações Web e fazer análises de dados.