O grupo Fail0verflow, conhecido por hackear o sistema do PS3  e “desbloquear” o console — permitindo a reprodução de mídias não originais –, afirmou em seu perfil do Twitter que teve acesso aos códigos de segurança do Playstation 5.

As chaves acessadas pelo grupo podem remover proteções criptográficas do sistema do console. Caso seja desbloqueado, o console poderá executar games adquiridos de forma ilegal. Os famosos jogos “piratas”.

Além de ter acesso ao PS3, o grupo também é famoso por hackear o PS4 e conseguir executar sistemas operacionais customizados no Nintendo Switch.

A façanha de ter acesso às chaves raiz do PS5, ainda que seja o princípio para conseguir desbloquear o console, não significa que o grupo poderá desbloquear facilmente o aparelho. Caso consigam, a Sony ainda poderá reverter todo o processo com uma atualização.

Os consoles das gerações mais atuais não tem jogos pirateados, — algo que acontecia bastante nas gerações de PS1, PS2 e Xbox 360, quando era possível encontrar  vendedores ambulantes comercializando jogos que chegavam a custar menos de 10% das mídias físicas originais.

Assine a newsletter do Gizmodo

Aparentemente, o Fail0verflow não foram os únicos que conseguiram quebrar a segurança do console da Sony. O hacker Andy Nguyen, conhecido na comunidade, afirmou ter tido acesso à códigos que são restritos a desenvolvedores da empresa. No entanto, Nguyen não pretende revelar seus métodos de acesso às informações.