Pulseira do Apple Watch pode carregar grande variedade de bactérias

Um estudo alertou que 95% das pulseiras dos Apple Watchs estavam contaminadas com algum tipo de bactéria perigosa
Pulseira do Apple Watch pode carregar grande variedade de bactérias
Imagem: Unsplash/Reprodução

Se você gosta de monitorar sua saúde e atividades físicas pelo Apple Watch ou outro relógio inteligente, talvez esteja na hora de fazer uma limpeza no gadget. Isso porque quase todos os Apple Watches e dispositivos Fitbits estão cobertos por bactérias nocivas, alertou um estudo publicado recentemente na revista científica Advances in Infectious Diseases.

Pesquisadores da Florida Atlantic University, nos EUA, testaram pulseiras de plástico, borracha, tecido, couro e metal (ouro e prata). A descoberta foi chocante: 95% das pulseiras estavam contaminadas com algum tipo de bactéria perigosa.

Em 85% delas foram encontradas a Staphylococcus spp, uma bactéria que pode causar infecções na pele e até pneumonia. Enquanto 60% das pulseiras tinham a bactéria E. coli, que pode causar doença inflamatória pélvica, 30% carregavam a Pseudomonas spp, a mais grave de todas e potencialmente mortal.

Qual é a pulseira mais perigosa?

De acordo com a pesquisa, os participantes que usaram seus relógios durante os treinos na academia apresentaram os níveis mais altos de bactérias.

Pulseiras de borracha e plástico apresentaram um percentual de bacterianas mais alto, enquanto as de metal – particularmente ouro e prata – tinham pouca ou nenhuma bactéria.

“Isso ressalta a necessidade de limpeza regular de acessórios pessoais e de mão com considerações adequadas de sua textura”, explicam os cientistas no artigo.

Como limpar a pulseira do Apple Watch?

O estudo mostrou que um spray desinfetante com álcool 70% é altamente eficaz em todos os materiais. Ele mata 99,99% das bactérias em apenas 30 segundos.

Para evitar que sua pulseira vire um ninho de bactérias, é preciso manter uma rotina de limpeza, especialmente após o uso do relógio durante atividades físicas.

A limpeza pode começar retirando a pulseira do relógio e passando um pano não abrasivo e que não solte fiapos. Após isso, passe o álcool 70% e deixe secar naturalmente antes de prendê-la novamente ao smartwatch.

No caso das pulseiras de couro, o processo de limpeza é o mesmo. Apenas importante lembrar para não mergulhar as pulseiras de couro na água. Afinal, elas não são resistentes à água.

Assine a newsletter do Gizmodo

Gabriel Andrade

Gabriel Andrade

Jornalista que cobre ciência, economia e tudo mais. Já passou por veículos como Poder360, Carta Capital e Yahoo.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas