Qual palavra-chave usar no currículo e ser aceito por bots das empresas

Neste final de ano, aprenda como elaborar o seu currículo para que ele seja selecionado por bots, evitando que sua candidatura seja automaticamente arquivada
Qual palavra-chave usar no currículo e ser aceito por bots das empresas
Imagem: Unsplash/Reprodução

Para quem está desempregado ou procura uma nova oportunidade de trabalho, já deve ter reparado que são poucas as empresas que oferecem um feedback dos currículos recebidos. Mais do que isso, estima-se que apenas 2% daqueles que se candidatam a uma vaga são, de fato, selecionados para uma entrevista de emprego.

Se antes o problema era que os recrutadores não tinham tempo ou capacidade para analisar centenas (ou mesmo milhares) de currículos recebidos, o problema hoje é outro: a maior parte dos currículos enviados não chega nas mãos dos recrutadores das empresas.

Isso acontece simplesmente porque as empresas estão usando bots – softwares automatizados que separam entre os currículos aqueles mais adequados para a vaga disponível.

Atualmente, existem diversos tipos de softwares que fazem esse trabalho, mas todos eles executam a mesma função básica: revisar currículos em busca de palavras-chave selecionadas por um recrutador. Por isso, para aumentar as chances de ser selecionado, o currículo precisa conter não apenas as suas experiências e qualificações, mas também as palavras corretas.

Uma das primeiras dicas é sempre ler atentamente a descrição da vaga, verificar palavras-chave específicas usadas no texto, e adicioná-las ao seu currículo. Isso inclui usar variações, como palavras no plural, abreviações e números.

Por exemplo, se a vaga pede dois anos de experiência, experimente alterar o currículo para incluir não apenas o “dois anos de experiência”, mas também o “2 anos de experiência”.

Tome cuidado com as abreviações e, se possível, inclua não apenas a sigla, mas também a expressão completa. Em vez de apenas usar o “MBA”, coloque o “Master of Business Administration” – ou “Mestre em Administração de Negócios”. O mesmo vale para os anos, sempre incluindo a versão completa: “2022” e não “22”.

Outra dica é não perder tempo incluindo no currículo as suas habilidades sociais, algo que será avaliado posteriormente, durante uma entrevista de emprego. Nesse momento, é importante incluir no currículo suas habilidades técnicas, experiência de cargos e conhecimento de softwares relevantes do seu setor, porque serão essas palavras-chave que serão verificadas pelos bots.

Finalmente, evite o uso de listas de palavras-chave genéricas encontradas na internet. Se você a encontrou facilmente, é sinal que outros candidatos também a encontrarão, o que diminui as suas chances de ser selecionado.

Por mais que seja trabalhoso ajustar o currículo para cada vaga oferecida, esse hábito valerá a pena. Isso ajudará a diferenciar o seu currículo em relação aos dos outros candidatos, aumentando as suas chances de ser selecionado para uma vaga de emprego.

Hemerson Brandão

Hemerson Brandão

Hemerson é editor e repórter, escrevendo sobre espaço, tecnologia e, às vezes, sobre outros temas da cultura nerd. Grande entusiasta da astronomia, também é interessado em exploração espacial e fã de Star Trek.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas