Não, não é o Galaxy Nexus: na China, todos querem um Meizu MX. Centenas pegaram senha e fizeram filas em grandes cidades do país, como Pequim, Xangai e Shenzhen, além de Hong Kong, para conseguir o smartphone com Android por cerca de R$900 desbloqueado. E o que ele tem?



O Meizu MX tem processador Samsung Exynos dual-core de 1,4GHz, com chip gráfico Mali-400, 1GB de RAM e 16GB de espaço interno (sem cartão microSD). A tela de 4 polegadas tem resolução 960×640, e o aparelho tem duas câmeras: uma frontal VGA, e uma traseira de 8MP com sensor retroiluminado e proteção contra manchas de dedos, capaz de filmar em Full-HD. Tudo isto, com bateria não-removível de 1.600mAh, completam o aparelho de 139g e 10,3mm de espessura.

Ele roda Android 2.3.5 com a skin Flyme (semelhante ao MIUI do Xiaomi Phone), que segundo o Engadget é “um cruzamento entre o Android padrão e o iOS”, com melhoras na barra de notificações padrão e em apps como o navegador web. E ele tem truques interessantes como o Controle Remoto, demonstrado abaixo: você pode controlar um Meizu MX usando outro Meizu MX! A fabricante promete atualizar o aparelho para o Android 4.0, mas ainda não deu prazo. O mesmo vale para o aparelho anterior, o Meizu M9 – lançado há um ano também com filas enormes, repletas de Meizu-fans.

Como lembra o Electronista, “a Meizu ainda não é grande o bastante para ser considerada uma grande ameaça à Apple, Huawei ou ZTE na China” mas é uma das poucas empresas a focar em smartphones high-end e ter sucesso. Ainda não há planos de lançar o Meizu MX fora da China, mas assim como o modelo anterior, você pode encontrá-lo em sites como o DealExtreme. [MeizuMe, Electronista, Engadget via The Verge]