Se você usa o Twitter e nunca participou ou ficou preso nos comentários de uma briga na rede social, você está usando errado.

Já imaginou poder saber que um tweet despretensioso — ou não, uma opinião ou até uma reclamação pode virar uma grande discussão? Pois é, agora isso é possível.

O Twitter está testando novos comandos no iOS e Android que avisam o usuário que ele pode estar entrando em uma conversa que pode esquentar.

A empresa visa diminuir a toxicidade pela qual a plataforma é conhecida, e o último experimento prepara as pessoas com algumas dicas antes de entrarem em brigas de tweet.

Agora existem comandos inseridos diretamente nas conversas que tendem a desencadear uma discussão que diz “conversas como estas podem ser intensas”.

Em outro, se o usuário tentar responder a uma dessas conversas intensas, surge uma mensagem “vamos cuidar uns dos outros” — em outras palavras, cuida da tua vida, que apresenta três pontos para encorajar conversas empáticas e baseadas em fatos.

Os comandos são a última tentativa da empresa de reduzir o assédio e os abusos persistentes na plataforma que pioram a cada dia.

Outro aviso, por exemplo, faz um alerta que usuário pode estar tuitando algo ofensivo.
O Twitter também pode mostrar um aviso se você tentar retuitar um artigo que acha que não leu, o que pode ajudar a diminuir a disseminação de informações incorretas.

Assine a newsletter do Gizmodo

Embora essas estratégias possam ajudar a evitar que alguns tuítes ruins sejam compartilhados, a lista crescente de possíveis avisos a serem percorridos antes de você tweetar é um indicador preocupante de toda a experiência.

Como sempre, se você não tem certeza se deve postar algo, o melhor comando pré-tweet é aquele que o Twitter não vai mostrar: nunca tweet — afinal, não dá para editar o conteúdo.