Experiências de realidade aumentada podem ser bem esquisitas, e os bons exemplos de uso requerem hardware que custam bastante. Porém, Abishek Singh parece ter encontrado uma forma de fazer uma aplicação de realidade aumentada acessível e super bacana. Seu último projeto simplesmente permite que você jogue Street Fighter II na rua.

Artistas hackeiam exposição do MoMA com realidade aumentada para protestar contra elitismo da arte
Ver a menina de O Chamado sair da TV em realidade aumentada me assustou demais

Singh desenvolveu este jogo — Street Fighter: Real World Warrior — usando o ARKit, da Apple, e disse ao Gizmodo que as pessoas podem jogá-lo no iPhone. Singh comentou que a versão do jogo que ele adaptou, Street Fighter II: The World Warrior, era a que ele costumava jogar em arcades. A escolha por personagens em 3D foi proposital, pois ele “queria que as pessoas pudessem andar pelo ringue e pelos personagens.”

Para jogar, uma pessoa deve preparar o game em uma superfície plana — no vídeo, é possível ver, por exemplo, pessoas jogando na rua e em uma mesa. A segunda pessoa pode, então, se juntar ao game. A partida começa quando ambos os jogadores escolherem seus personagens.

“É como se fosse um impasse mexicano da vida real, exceto pelo fato de você ter esses gladiadores virtuais lutando nesse ringue “, afirmou o desenvolvedor. “Então, é como uma experiência ao vivo multiplayer com realidade aumentada, totalmente funcional e jogável.”

É provável que você já tenha visto outros projetos de realidade aumentada de Singh. O programador recriou o primeiro nível de Super Mario Bros, do NES, em realidade aumentada. Recentemente, ele recriou uma cena do filme “ O chamado” em que uma mulher sai de uma TV rastejando. Por ora, tudo que você pode fazer é ver o vídeo feito por ele no YouTube. Ele até considera lançar o game publicamente, porém ele precisa ainda resolver umas questões de direitos autorais.