A aguardada série live-action inspirada em “Resident Evil” produzida pela Netflix ganhou novos detalhes nesta quinta-feira (17). A trama trará Lance Reddick (John Wick) como Albert Wesker, um dos personagens mais icônicos dos jogos. 

Em uma publicação no Twitter, o streaming divulgou três novos pôsteres, e anunciou que a produção chega ao seu catálogo em 14 de julho. No primeiro deles, o logo oficial aparece com manchas de sangue ao fundo; o segundo mostra uma pílula e o texto “alegria” e, no último, o destaque fica para um recipiente identificado com sangue e uma etiqueta com os dizeres “T-Virus”. Confira: 

A Netflix Brasil também compartilhou um dos cartazes em versão brasileira, além de confirmar a mesma data de estreia na versão nacional da plataforma:

A trama deve acontecer em 2036, anos após um vírus dizimar boa parte da humanidade. Resident Evil terá uma garota sobrevivendo no mundo cercado por criaturas bizarras, ao mesmo tempo em que lida com a perda da irmã e as conexões sombrias de seu pai com a corporação Umbrella.

“Resident Evil contará uma nova história a partir de duas cronologias: na primeira, as irmãs de 14 anos Jade e Billie Wesker se mudam para New Raccoon City, uma cidade mecânica e corporativa, no auge da adolescência. Jade e Billie descobrem que o pai pode estar escondendo segredos sombrios, capazes de destruir o mundo. Na segunda cronologia, mais de dez anos depois, a Terra tem menos de 15 milhões de habitantes e mais de 6 bilhões de monstros: pessoas e animais infectados pelo T-vírus. Jade, com 30 anos, luta para sobreviver enquanto é assombrada por segredos do passado que envolvem a irmã e o pai”. 

Também estão no elenco Ella Balinska, Tamara Smart, Siena Agudong, Adeline Rudolph, e Paola Nuñez. Seus papéis, no entanto, ainda não foram revelados. A série contará com Andrew Nabb (Supernatural) como showrunner e produtor executivo, enquanto a produção executiva é de Bronwen Hughes, que já dirigiu séries como “13 Reasons Why”, “The Walking Dead” e “Better Call Saul”.

Vale lembrar que a franquia recentemente ganhou outra adaptação live-action nos cinemas, chamada “Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City”, que não foi muito bem recebida pelos fãs e crítica.