A CES 2009 colocou um jogador novo no mercado de smartphones balas. Vamos fazer um esforcinho aqui e ver como o Palm Pre fica perto do iPhone e do G1.

  1. Tela sensível multi-toque/ controle por gestos: as três telas são capacitivas, mas apenas o Pre e o iPhone são multi-toque. O Pre aumentou a área de toque de sua tela, com a “gesture area” (area de gestos, em uma tradução realmente livre), e isso é bem legal porque permite navegação pelo celular com uma mão só, alem de não interferir na tela. Esse “dock” que você trás da parte de baixo (onde ficam as aplicações ‘minimizadas’ parece realmente legal, mas será que você consegue aprender a usar intuitivamente, sem ter que ler o manual? Essa é a minha pergunta. Vantagem: iPhone/Pre
     
  2. Multitarefa: uma das nossas maiores tretas com o SDK do iPhone é a insistências em rodar apenas um app por vez. O “notification drawer” do G1 é um passo na direção certa, mas a interface do Pre é o primeiro sistema operacional que foi construído pensando especialmente em multitarefa. Os ‘cards’ (maomeno um bookmark) do Pre tem uma interface que leva em conta todos os aplicativos que estão sendo executados e podem ser facilmente alternados. As notificações específicas de cada um também não tiram você do sério, atrapalhando você quando um dos programas está minimizado, mas tem algo a dizer. Multitarefa é muito importante em um telefone, e é bem bacana que a Palm tenha percebido isso. Vantagem: Pre
     
  3. Hardware: Adrian disse:

    O hardware é definitivamente de alta qualidade, mas não estou nem um pouco impressionado com o desing. É bonito, original, mas parece que tem uma forma muito arrumadinha, que me lembra um pebble (aquele da Motorola) realmente grande. Uma tela maior não faria mal. E não gosto dos espaços ao lado da tela.



    Um celular com um teclado QWERTY ainda não conseguiu chegar no iPhone, em termos de design e tesão. A pode demorar um pouco ainda. Vantagem: iPhone.
     

  4. Plataforma de desenvolvimento: O “Web OS” do Pre parece legal – tudo o que os desenvolvedores precisam saber é JavaScript, HTML e CSS? Muito bom em teoria, mas construir umapp pra celular nunca será tão fácil como fazer um ema novo pro seu Tumblr. A Palm está fazendo força nisso, mas será interessante ver como ela vai se sair contra o SDK da Apple, que já é conhecido e familiar, baseado no OS X, e contra o Android, que é open source. Vantagem: Pre? Se for direto JavaScript, tem muito programador pronto pra trabalhar.
     
  5. Integração com a Web:  O Pre se integra com a internet a cada oportunidade, e é sensacional. Contatos são importados do Facebook, Gmail, IM e processados para que não haja duplicidade; o aplicativo de messaging mostra seus últimos emails, Ims e SMS para cada contato, em uma única janela. Coisa esperta. Vantagem: Pre
     
  6. App Store/comunidade de desenvolvedores: Um smartphone só é bom com software bom. A Palm deixou tanto o modo de baixar aplicativos como os preços no suspense. Mas eles disseram que a entrega dos Apps será feita diretamente no telefone (sem ter que passar por um computador). Eles também disseram que não vão fazer o lance da Black Box da Apple (de não permitir certos aplicativos), coisa que o Android já não faz. Mas eles terão um esquema de aprovação de apps baseado em ‘estabilidade e segurança”. Uma coisa, para formar uma comunidade de desenvolvedores, é necessário ter uma base de celulares instalada grande. O Android já tem, mas o Pre precisa descolar isso. Vantagem: iPhone, mesmo com Black Box. Mas Android e Pre são abertos, então isso pode mudar rapidamente.
     
  7. Carregador de bateria sem fio: A gente vê carregadores assim na CES já vários anos. Finalmente alguém vai lançar, mas não vem na caixinha junto com o celular. Você precisa comprar separadamente, e ninguém disse o preço disso ainda. Mesmo assim, é sensacional. Vantagem: Pre
     
  8. Teclado físico: Questão de preferência. Muita gente ainda prefere o QWERTY físico. Mas a tecnologia de toque sensível está melhorando. O ideal seria poder escolher entre os dois. Infelizmente, o Pre não tem teclado sensível na tela, só o físico, que é igual ao do Treo Pro. Sem graça. Vantagem: Como eu disse, questão de preferência. Mas pra mim, o teclado virtual do iPhone ainda não foi vencido.
     
  9. Câmera: O Pre tem um Flash de LED e uma câmera de 3MP, coisa que nem o iPhone nem o G1 tem. Fotos de celular com flash são um lixo, mas elas são o suficiente para a maioria das pessoas, então o Pre mandou bem. Vantagem: Pre
     
  10. Bateria: A Apple ainda continua com o lance deles de baterias não-removíveis. Mas o G1, assim como o Pre, tem bateria removível. A gente já ouviu as razões da Apple milhares de vezes, mas hey, baterias removíveis são úteis. Vantagem: Pre e G1.
     
  11. Copy and Paste: Sim! O Pre tem. E o iPhone não. Vantagem: Pre/G1
     
  12. Browser: Os três usam um browser baseado no WebKit, que é padrão pra web móvel. A gente não conseguiu testar muito, mas parece muito bom. E assim como o iPhone, ele tem zoom multi-toque. Vantagem: iPhone/Pre

É isso. O que você achou?