Review: mudanças em dobradiça e tela externa elevam Galaxy Z Flip5 a outro patamar

A Samsung finalmente trouxe melhorias essenciais aos seus dobráveis. O Giz Brasil testou o Galaxy Z Flip 5; veja o que muda
Imagem: Samsung/Reprodução

No final do mês passado, a Samsung apresentou sua nova geração de smartphones dobráveis, com o Galaxy Z Flip5 e Galaxy Z Fold5. Durante o evento Unpacked, a sul-coreana também atualizou sua linha de smartwatches e tablets, mas foram mesmo os “foldables” que roubaram a cena.

Embora versões anteriores do Galaxy Z Flip tenham acumulado atualizações tímidas, em 2023 a Samsung finalmente trouxe melhorias essenciais. 

O Giz Brasil testou o smartphone por alguns dias e avaliou as principais novidades da nova versão. Veja abaixo o que há de novo.

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR O SAMSUNG GALAXY Z FLIP5 NA AMAZON!

Tela

A Samsung sempre manda muito bem nas telas — principalmente, em seus dispositivos premium. Com o Galaxy Z Flip 5 não foi diferente.

A tela externa, que saltou de 1,9 para 3,4 polegadas, chama a atenção. O display não é apenas maior. Agora a tela é, de fato, mais funcional, e permite a visualização de alguns widgets interessantes, como como calendário, clima, despertador e outras aplicações mais leves, disponíveis dentro da própria One UI 5.1.1.

Agora, o display também permite a interação com algumas aplicações mais complexas, como WhatsApp Messenger e YouTube, por exemplo. A disponibilidade de apps ainda não é muito ampla, mas é algo que deve ser trabalhado ao longo do tempo e melhorado nas próximas versões.

Há, porém, um ponto negativo: a resolução máxima é HD. Ainda assim, isso não deve interferir muito na experiência dos usuários, que na maior parte do tempo estarão interagindo com o display interno.

A tela interna tem 6,7 polegadas e tecnologia AMOLED com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz.

Não foi desta vez que a Samsung conseguiu eliminar completamente o vinco no centro da tela. Verdade seja dita: após pouco tempo de uso, ele fica praticamente imperceptível. Os usuários vão lembrar que ele está lá sempre que deslizarem os dedos sobre a parte intermediária da tela. Na minha visão de usuário de dobrável de primeira viagem, o vinco representou um incômodo bem menor do que aparenta a primeira vista.

Dobradiças

A Samsung fez uma melhoria em um dos pontos que sofriam mais críticas: as dobradiças. O novo mecanismo fecha completamente, eliminando o incômodo vão que antes estava presente em ambos os dobráveis da marca.

A tecnologia atual é mais compacta e leve que a dos modelos anteriores, e traz alguns benefícios imediatos. Os mais notados são obviamente peso e espessura, que diminuíram levemente. Além disso, o atual modelo vem de fábrica com certificação de resistência à água e a agora também à poeira — algo que não estava disponível nos modelos anteriores.

Além de melhorar o ato de dobrar, o mecanismo menor também permitiu melhorias em outros componentes — como a tela externa, que, como dito anteriormente, agora é maior e mais funcional.

A tela interna flexível agora se dobra em formato de gota. Isso, na prática, deixa o vinco um pouco mais sutil, mas ainda não o elimina completamente. De qualquer forma, esta atualização no mecanismo da dobradiça pode abrir caminho também para deixar a marca na tela menos aparente nas próximas versões. 

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR O SAMSUNG GALAXY Z FLIP5  NA AMAZON!

Desempenho

Assim como os aparelhos da linha “S23”, lançados no início do ano, o Galaxy Z Flip5 vem com o chip Snapdragon 8 Gen 2 for Galaxy, uma versão otimizada do processador da Qualcomm para a Samsung.

Quem acompanha frequentemente o noticiário sobre a sul-coreana sabe que a empresa está empenhada em viabilizar seus próprios chips. Só que os componentes da família Exynos, embora tenham menor custo, ficam um pouco abaixo em termos de desempenho, se comparados aos processadores topo de linha da Qualcomm.

Somado ao chip da Qualcomm, o Galaxy Z Flip5 conta com 8 GB de RAM e está disponível no mercado brasileiro em versões com até 512 GB de armazenamento interno. Assim como os seus “parentes” da linha “S”, ele é certamente um dos dispositivos topo de linha com maior poder de desempenho lançados neste ano.

Durante o período de testes, o smartphone não apresentou nenhum problema de performance ou dificuldade para executar alguma tarefa. Isso significa que usuários que utilizarem para tirar fotos ou navegar pelas redes sociais não devem ter nenhum problema.

Em jogos como “Call of Duty: Mobile” e “Genshin Impact”, por exemplo, o smartphone também teve desempenho satisfatório. Mas é possível que, a depender do game, ele aqueça um pouco. Durante os testes, o aquecimento não foi tão intenso a ponto de atrapalhar a experiência. No entanto, foi um aumento de temperatura impossível de ignorar.

Bateria

A bateria não recebeu nenhum upgrade, e conta com os mesmos 3.700 mAh do modelo anterior. Sobre isso, a Samsung Argumenta que o aparelho tem gerenciamento de energia mais eficiente do que as versões anteriores, graças à presença do já citado Snapdragon 8 Gen 2 for Galaxy.

A Samsung afirma que o smartphone é capaz de entregar maior autonomia de energia, mesmo com uma bateria idêntica ao modelo anterior. É importante destacar que o telefone vem acompanhado de um carregador de 25 W na caixa, que completa a carga em pouco menos de 1h30.

Câmeras

O Samsung Galaxy Z Flip 5 conta com um sensor principal de 12 MP e uma sensor ultrawide também com 12 MP. No geral é capaz de entregar resultados bem interessantes em fotos e vídeos, mesmo à noite ou em ambientes pouco iluminados.

O destaque fica para o sensor principal que é capaz de capturar  vídeos em resolução até 4K.

Ao contrário de outros aparelhos na mesma faixa de preço, o Z Flip 5 não conta com uma lente teleobjetiva. Isso se deve à proposta do aparelho, que de acordo com a empresa é focado em “lifestyle”. Isso significa que os principais objetivos é oferecer visual despojado, compactação e portabilidade. 

Os consumidores que necessitam de um zoom mais potente terá mesmo de optar pelo Galaxy Z Fold 5, que está bem longe de ser um telefone compacto.

A câmera frontal possui 10 MP e também tem capacidade de fazer vídeos em resolução 4K a 30 FPS. Um ponto de destaque do aparelho é chamado “Flex Mode”, que faz referência às novas possibilidades de tirar fotos. Isto inclui alternativa de fazer selfies com a câmera traseira do aparelho, utilizando a nova e melhorada tela externa de 3,4 polegadas.

Vale a Pena?

Embora o hardware e câmeras não tenham recebido nenhuma novidade “disruptiva”, a nova dobradiça e tela externa maior (com mais funcionalidades) representam um enorme avanço. Se é sua primeira experiência com um dobrável, sem dúvidas é uma das opções mais acessíveis.

Embora a aquisição demande um alto investimento, o Galaxy Z Flip5 é um aparelho que terá uma longa vida útil. Ele vem de fábrica com a One UI 5.1, baseada no Android 13 e, de acordo com a Samsung, tem garantidas quatro atualizações de sistema operacional e cinco anos de atualizações de segurança.

No momento, o Galaxy Z Flip5 está em fase de pré-venda no mercado nacional, e já pode ser encontrado nas principais varejistas do país. Quem comprar a versão de 256 GB, até o dia 25 de agosto, terá um benefício especial, e poderá levar o dobro de armazenamento (512 GB). As primeiras entregas do smartphone estão previstas para 11 de agosto.

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR O SAMSUNG GALAXY Z FLIP5  NA AMAZON!

Assine a newsletter do Gizmodo

Vinicius Marques

Vinicius Marques

É jornalista, vive em São Paulo e escreve sobre tecnologia e games. É grande fã de cultura pop e profundamente apaixonado por cinema.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas