Projetores de mão estão surgindo por todos os lados. Será que o SP-H03 será o primeiro digno de entrar no seu bolso? Depende do quanto você precisará dele para exibir apresentações.

Specs

Samsung SP-H03

Dimensões: 1.5" x 2.75" x 2.75"

Peso: 170 gramas

Resolução: 854 x 480

Proporção de imagem: 16:9

Preço: U$300

Você está acampando. Você foi convocado para ser júri. Você quer mostrar para uns amigos um vídeo da internet sem empanturrar de gente o entorno de seu notebook. A ideia de ter um projetor de alta definição que pode ser levado para qualquer lugar é um grande apelo, e o SP-H03 é uma boa tentativa em tentar satisfazer esse bom papel. Ele tem 1GB de memória interna, uma bateria interna que dura duas horas e um processador de luz de LED com 30 lúmen, o suficiente para uma imagem de 28 polegadas. Tudo num aparelho que tem o tamanho de um pacote novo de post-its. Junte isso ao suporte nativo a quase 20 tipos de arquivos e você terá em mãos uma plataforma de projeção bem poderosa.

A configuração é bem simples. É só encontrar uma parede com no mínimo 90 centímetros de distância, conectar o SP-H03 na fonte do vídeo ou navegar pela memória interna, e clicar play. O áudio sai dos alto-falantes embutidos, mas há um conector de 3.5mm para conectar algo mais digno. Para recarregá-lo, é possível plugá-lo na parede ou usar a bateria extra recarregável que aguenta duas horas – o bastante para um filme ou algumas rodadas de videogame. No chão, sem nada ao redor, tocando sozinho, o aparelho em si parece um pedaço de bolo perdido no meio da sala.

Obviamente, o SP-H03 tem altos níveis de portabilidade. Seu tamanho e peso facilitam o transporte num bolso – mas com 1,5 polegadas de espessura, prepare-se para ouvir muitas piadas do tipo “opa, feliz demais em me ver, hein?”.

A imagem é brilhante o bastante com a luz apagada, mas mesmo num dia nublado em Portland a imagem pode ser vista sob a luz do dia. Era algo a se esperar por causa de seu tamanho. Tem suporte a quase 20 tipos de arquivos de música, vídeo e imagem, além de formatos do pacote Office. Opções decentes de conexões: VGA, vídeo composto, USB ou SD. Provavelmente seu LED durará mais do que o próprio aparelho, então o usuário dificilmente terá que substituir uma lâmpada.

Não toca alguns tipos populares de arquivos, como .mov, o que acaba limitando as opções do usuário. Faz falta também opções de cabos de conexão mais recentes: claro, você pode usar a conexão de vídeo composto com o adaptador que vem na caixa, mas a ausência de adaptadores HDMI e DVI o tornam bem pouco compatível com os laptops mais modernos. Para completar, cada porta precisa de um adaptador, o que é chato. Alto-falante com um watt de potência é o bastante para uma sala de reuniões pequena, mas mesmo assim é um volume baixo – conectar alguma opção mais potente na entrada de fones é recomendado sempre que possível. Há também um constante e inquieto barulhinho vindo de sua ventoinha – nada que incomode tanto assim, mas é perceptível.

Obviamente ninguém fará o erro de usar o SP-H03 como home theater de casa, então não espere conectá-lo a um player de Blu-ray e quebrar tudo com uma imagem de 1080p e som 10.1. A resolução é boa o bastante para a proposta e as imagens têm brilho suficiente para apresentações de PowerPoint ou um festival no seu acampamento. A praticidade do SP-H03 e a variedade de opções de conexão vencem a ausência de cabos mais modernos e do suporte a certos arquivos.