De acordo com documentos fiscais referentes a 2006-2008, a RIAA gastou a exata bolada de U$ 58,258,394 em honorários legais ao longo desses três anos, recolhendo de volta U$ 1,362,572 dos acusados de pirataria. Ouch.

Mas sem dúvida esse dinheiro foi bem gasto, principalmente porque, para a sorte da associação, a pirataria morreu e todo mundo voltou a gastar dezenas de reais em CDs que acumulam poeira em lojas especializadas. Ei, peraí… [Recording Industry vs. The People via Paste Magazine]