Robô “chef” já sabe determinar se um prato está bom de sal

Após ser treinado para fazer omeletes com base no feedback de humanos, o chef robô está de volta para outra tarefa: provar a comida conforme ela é degustada, corrigindo o tempero quando necessário

Imagem: Reprodução/YouTube

“As máquinas vão dominar o mundo” é daquelas frases que parecem surreais demais — até que você vê um robô aprendendo a fazer algo que, teoricamente, é 100% humano. Desta vez, uma dessas máquinas inteligentes virou chef de cozinha.

O robô cozinheiro foi treinado por pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, para uma tarefa curiosa: provar alimentos em diferentes estágios de mastigação, visando avaliar se a comida está bem temperada.

O chef robô, que também já foi treinado para fazer omeletes com base no feedback de humanos, experimentou nove variações diferentes de um prato de ovos mexidos com tomate, em três fases diferentes do processo de mastigação. Daé, ele produziu uma espécie de “mapa do sabor” dos pratos.

Prova y prova

Segundo os criadores do projeto, para fazer o chef robô imitar o processo humano de mastigar e saborear os alimentos, os pesquisadores colocaram em um braço robótico uma sonda de condutância, que atua como um sensor de salinidade.

Na sequência, preparavam ovos mexidos e tomates, variando o número de tomates e a quantidade de sal em cada prato. Usando a sonda, o robô “experimentava” os pratos, fazendo uma leitura em apenas alguns segundos.

Após os testes, os pesquisadores descobriram que a abordagem de provar ao longo do processo, como um verdadeiro chef de cozinha, melhorou significativamente a capacidade do robô de avaliar com rapidez e precisão a salinidade do prato.

“Queremos que os robôs entendam o conceito de sabor, o que os tornará melhores cozinheiros. Em nosso experimento, o robô pode ‘ver’ a diferença na comida à medida que é mastigada, o que melhora sua capacidade de saborear”, disse Dr. Arsen Abdulali, coautor do projeto.

Futuro do chef robô

Os pesquisadores ainda acreditam que, um dia, esses novos chefs eletrônicos vão ser capazes de produzir alimentos que os humanos realmente apreciam, podendo ajustá-los aos gostos individuais dos clientes de carne e osso.

O projeto dos pesquisadores não deve parar por aqui. A ideia é que, no futuro, o robô chef possa provar diferentes tipos de alimentos e melhorar as capacidades de detecção, por exemplo, comidas gordurosas e doces. Você pode assistir à máquina em ação abaixo.

 

Sair da versão mobile