Alguns cenários de Onde Está Wally? podem te deixar muito perdido. Mas, para este robô, encontrar o personagem é moleza. O There’s Waldo (Aqui Está Wally) tem um braço mecânico equipado com uma mãozinha de borracha e consegue apontar a localização do Wally em questão de segundos.

• “Onde está Wally” em GIF: a melhor coisa a acontecer para Wally e GIFs?
• Inteligência artificial levou apenas 44 horas para virar mestre de cubo mágico

A engenhoca tem suas habilidades, mas o processo de desenvolvimento foi simples. O braço mecânico é controlado por um Raspberry Pi, e há uma câmera chamada Vision Camera Kit, que permite reconhecimento facial. Essa câmera tira uma foto da página e utiliza a ferramenta OpenCV para identificar figuras de rostos que sejam similares à de Wally.

Em seguida, essas figuras são enviadas para o serviço AutoML Vision, do Google, que analisa a foto e procura correspondências com base no treinamento que recebeu. Se o resultado da máquina apontar 95% de chances de um determinado rosto ser o de Wally, o robô aponta rapidamente.

O Google Cloud AutoML está disponível desde janeiro e facilita o desenvolvimento de aplicativos que necessitam de reconhecimento de imagens e outras funções avançadas. É uma ferramenta que pessoas sem conhecimento prévio em programação podem usar – basta arrastar e soltar funcionalidades para criar algoritmos simples de reconhecimento de imagem, por exemplo.

O There’s Waldo foi criado por Matt Reed, tecnólogo criativo da agência Redpepper. Em um email enviado ao Verge, ele explica que treinou a inteligência artificial com imagens que encontrou na busca do Google. Foram 62 imagens da cabeça de Wally e mais 45 fotos que incluíam o corpo do personagem.

Reed não tinha experiência com o AutoML e levou apenas uma semana para programar o robô utilizando Python.

A descrição do vídeo, que mostra um pouco do processo de desenvolvimento do robô, se gaba da velocidade: “É apenas um protótipo, e o mais rápido que There’s Waldo encontrou o personagem foi em 4,45 segundos, o que é um tempo melhor do que a maioria das crianças de cinco anos de idade conseguem”.

Bem, eu mesmo duvido se conseguiria ser muito mais rápido do que isso.

[The Verge]