Quando a Boston Dynamics revelou pela primeira vez o protótipo do robô Spot em 2016, a máquina vinha acompanhada de uma pinça adicional, fincada na ponta de um braço articulado. Curiosamente, esse item só começou a ser comercializado no ano passado. E agora, sete meses depois, o Spot Arm está finalmente pronto para ajudar em tarefas domésticas realmente úteis, como lavanderia, jardinagem e até carregar blocos de concreto por aí.

No final de 2019, o Spot foi disponibilizado pela primeira vez para um pequeno número de empresas. Foi parte de um experimento para determinar o desempenho do robô fora de laboratórios e instalações de teste da Boston Dynamics. Em junho do ano seguinte, o Spot começou a ser vendido para qualquer pessoa, desde que ela pudesse pagar o preço de US$ 74,5 mil (cerca de R$ 400 mil na conversão atual). E um tempo depois, a companhia, que hoje pertence ao grupo Hyundai, apresentou os primeiros “acessórios” do robô.

Um deles é o Spot Arm. Com o braço conectado, o Spot passa de um simples robô de reconhecimento e coleta de dados para uma máquina que pode interagir fisicamente com o mundo ao seu redor. O braço pode ser usado para agarrar, levantar e carregar, posicionar e arrastar uma grande variedade de objetos até um certo peso. Ele também é capaz de desligar torneiras ou puxar alavancas em locais que não são seguros para os humanos visitarem.

Em um vídeo recente divulgado no YouTube, a fabricante coloca esses cenários em prática ao mostrar o Spot fazendo tarefas básicas que os humanos já estão acostumados a fazer em suas casas. Isso inclui usar o braço mecânico para pegar roupa suja do chão, cavar buracos e plantar árvores e até mesmo usar um pedaço de giz para desenhar o logotipo da Boston Dynamics em um estacionamento.

Além de atualizações ao braço robótico, a empresa anunciou um novo modelo do Spot chamado Enterprise, que tem como principais novidades uma base para que o próprio robô recarregue sua bateria automaticamente. Ou seja, quando ele mesmo identificar que a energia está baixa, o robô retorna à estação de recarga sozinho.

Se o usuário preferir, também poderá comandar o Spot usando um controle remoto para operá-lo manualmente por meio de um software disponibilizado pela Boston Dynamics. Há ainda melhores antenas para captação de Wi-Fi. E claro, este modelo mais recente também é compatível com o braço mecânico citado anteriormente.