Famílias pobres da Índia podem buscar o e-charkha, uma versão da onipresente roda de fiar que gera eletricidade, aumentando assim a produtividade sem maiores gastos com energia. A e-charkha, projetada por RS Hiremath, gera energia enquanto a charkha gira e desvia a energia para uma bateria que fica embaixo da máquina.

Aproximadamente duas horas de fiação seriam suficientes para alimentar uma fonte de luz LED padrão por mais 6 ou 7 horas, estendendo significativamente a quantidade de tempo que as famílias poderiam trabalhar. O uso de LEDs também ajudaria as famílias a evitarem lampiões a querosene, que reduzem bastante a qualidade do ar dentro da casa enquanto estão acesos. O governo indiano já está distribuindo várias e-charkhas à população com o programa “Fundo para Regeneração das Indústrias Tradicionais”. É uma coisa boa, já que pouquíssimas pessoas que precisariam disto poderiam arcar com o seu custo de mais ou menos 200 dólares. [Inhabitat]