Os notebooks com Chrome OS costumam ser muito simples. A Samsung, por sua vez, decidiu que ia caprichar no seu primeiro Chromebook com a marca Galaxy, e usou materiais de ponta na construção. E, sem dúvidas, esse é o Chromebook mais bonito já lançado.

Olhando em retrospecto, se você quisesse escolher o melhor Chromebook independente do preço, o vencedor provavelmente seria o Google PixelBook de 2017. Mas com o Galaxy Chromebook, a Samsung pode ter superado toda a concorrência (para ser justo, o Google se juntou à Samsung para ajudar a desenhar e aprimorar o Galaxy Chromebook).

Com preço base de US$ 1.000 (R$ 4.065, na cotação atual), o Galaxy Chromebook custa quase o mesmo do Pixelbook no lançamento. E assim como o Pixelbook, o notebook da Samsung roda Chrome OS e tem uma dobradiça 360 graus que o transforma em 2-em-1. E é aqui que as semelhanças acabam.

Não dá para minimizar a qualidade da tela do Galaxy Chromebook. Foto: Sam Rutherford/Gizmodo

Com 0,96cm de espessura, o Galaxy Chromebook é ridiculamente fino, mas seu chassi de alumínio é robusto o suficiente para ele não parecer que vai dobrar. Só que essa nem é a principal característica do notebook: sua tela touchscreen AMOLED de 13,3 polegadas com resolução 4K é quem rouba a cena, ainda mais com as cores vibrantes e o visual praticamente sem bordas. A tela do modelo tem certificação HDR 400, algo que praticamente nenhum outro Chromebook pode dizer que tem.

Por dentro, o Galaxy Chromebook vem com especificações de ponta, incluindo um processador Intel Core i5 de 10ª geração (e possivelmente uma opção com i7 em algum momento do futuro), suporte ao Wi-Fi 6, slot para cartão microSD, leitor de impressões digitais e até 16GB de RAM e 1TB de SSD.

O notebook vem até com uma caneta stylus que tem seu próprio espaço para ser guardada, para você não se preocupar em perdê-la por aí.

A Samsung também tem um truque secreto para as câmeras. Para videochamadas, ainda há uma webcam de 1 megapixel acima da tela. No entanto, para ajudar os usuários a aproveitar apps com Google AR (realidade aumentada) ou simplesmente tirar fotos melhores, a companhia adicionou um sensor secundário que fica na parte de cima do teclado. Então, quando você coloca o Galaxy Chromebook no modo tablet, esse sensor de 8 megapixels fica disponível como se fosse uma câmera traseira.

E como praticamente todos os Chromebooks modernos, o Galaxy Chromebook tem suporte para apps do Android, o Google Assistente e toda a integração com o Google Drive. Além disso, para melhorar a forma como o Galaxy Chromebook funciona com o seu smartphone, a Samsung adicionou um app de integração de mensagens e ligações.

Foto: Sam Rutherford/Gizmodo

E antes que eu me esqueça, preciso mencionar que a cor Fiesta Red (vermelha) é fantástica. A alternativa Mercury Gray (cinza) também é ótima.

Por US$ 1.000 (R$ 4.065), o Galaxy Chromebook pode parecer simples demais se comparado com máquinas Windows de preço similar. Mas cada especificação e componente parece ser de ponta. E para aqueles que se acostumaram com Chromebooks e possam estar procurando para uma máquina que seja mais elegante, essa opção pode ser ótima. O modelo deve começar a ser vendido nos EUA no primeiro trimestre deste ano.