Atualizado às 15h de 22/4 com novo título e comunicado da Samsung sobre adiamento do lançamento

Inicialmente, o lançamento do Galaxy Fold seria adiado em algumas localidades após alguns problemas enfrentados por jornalistas e influenciadores que testavam o aparelho. No entanto, nesta segunda-feira (22), a Samsung emitiu uma nota (disponível na íntegra no fim do texto) dizendo que atrasaria o lançamento em algumas semanas mundialmente para “assegurar a melhor experiência possível” dos usuários, além de ressaltar que vai “fortalecer a proteção da tela”.

O primeiro país em que houve notícia sobre o atraso do Galaxy Fold foi a China, segundo relato do editor-chefe do Engadget, Richard Lai. Com o tempo, foram aparecendo relatos de outros locais, como Singapura e Espanha.


Tradução: Os eventos do Samsung Galaxy Fold em Hong Kong e Xangai foram adiados. Eles haviam sido programados para esta terça-feira e quarta-feira, respectivamente.

O Galaxy Fold será um dos primeiros smartphones com tela dobrável a chegar no mercado. Ele ainda nem está disponível para os consumidores, mas os problemas já estão aparecendo.

Alguns veículos que tiveram acesso ao aparelho para um teste inicial relataram defeitos. Teve até caso de um aparelho que a tela quebrou.

Repórteres da CNBC, Verge e Bloomberg relataram problemas com as dobradiças, com tela e até com uma película que parecia ser removível mas era parte vital para o funcionamento do aparelho. O Gizmodo US não teve problemas com a unidade recebida para testes.

A Samsung disse ao Gizmodo que está trabalhando para “determinar a causa” dos problemas técnicos, acrescentando que a remoção da película de proteção é um problema separado e que irá incluir avisos claros para os clientes para que ela não seja retirada do celular.

A companhia afirma ter vendido todas as unidades disponíveis do Galaxy Fold, mas não revelou a quantidade que estava à venda.

A Huawei, que concorre diretamente com a Samsung neste novo ramo, teve mais cautela e deve mostrar o Mate X até o fim do ano.

Abaixo, a nota na íntegra da Samsung enviada à veículos internacionais:

Nós recentemente revelamos uma nova categoria de produto móvel: um smartphone usando novas múltiplas tecnologias e materiais para criar um display que é flexível o suficiente para ser dobrado. Estamos estimulados pela animação sobre o Galaxy Fold.

Enquanto alguns jornalistas compartilharam com vocês o potencial do que eles puderam ver [no dispositivo], alguns também mostraram que o dispositivo precisa de algumas melhorias que podem assegurar a melhor experiência possível do usuário.

Para avaliar completamente este feedback e fazer mais testes internos, decidimos atrasar o lançamento do Galaxy Fold. Planejamos anunciar o lançamento nas próximas semanas.

Descobertas iniciais da inspeção dos problemas de tela relatados na tela mostraram que eles poderiam estar associados a impactos nas áreas expostas da dobradiça. Houve também um exemplo em que substâncias foram encontradas dentro do dispositivo, o que afetou o desempenho da exibição na tela.

Tomaremos medidas para fortalecer a proteção da tela. Também aprimoraremos as orientações sobre cuidados e uso do display, incluindo a camada de proteção para que nossos clientes aproveitem ao máximo o Galaxy Fold.

Valorizamos a confiança que nossos consumidores depositam em nós e eles são nossa principal prioridade. A Samsung está comprometida em trabalhar de perto com clientes e parceiros para impulsionar o setor. Queremos agradecer a vocês pela paciência e compreensão.

[Richard Lai/SamMobile via The Verge]