Eu curti bastante o Samsung Galaxy Tab S4 durante o ano passado. Ele serviu tanto como um dispositivo de consumo de mídia e entretenimento quanto como uma máquina de produtividade móvel. E com a chegada iminente do iPad OS, parece que os tablets topo de linha chegaram a um ponto de amadurecimento em que, em muitos casos, são capazes de substituir um notebook tradicional.

No entanto, o processador datado do Tab S4 combinado com o preço de US$ 650 (no Brasil, o preço sugerido no lançamento foi de R$ 4.299) tornou difícil abraçar completamente o tablet da Samsung. Porém, com o novo Galaxy Tab S6, a fabricante atualizou os componentes de seu principal tablet e incluiu uma série de novas funcionalidades úteis – e manteve o preço.

Depois de passar um tempinho dando uma olhada no Galaxy Tab S6, antes de seu lançamento oficial que acontecerá no dia 6 de setembro, parece que os fãs de Android finalmente terão uma alternativa à altura do iPad Pro.

A nova S-Pen se conecta magneticamente à parte de trás do Tab S6 e apresenta carregamento sem fio. 

Em vez de um chip Snapdragon 835 de dois anos atrás, o Galaxy Tab S6 vem com um processador Snapdragon 855 que a Samsung alega que oferece 80% mais desempenho geral e 60% de melhoria gráfica em relação ao dispositivo do ano passado, juntamente com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento no modelo base de US$ 650, ou 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento por US$ 730.

Uma novidade do Tab S6 é um leitor de impressões digitais incorporado na tela que facilita bastante acessar o tablet. Antes, a Samsung optava por uma tecnologia de reconhecimento facial ou um sensor tradicional para biometria. A Samsung também colocou duas câmeras traseiras no novo tablet, a principal com 13 megapixels e a secundária com lente grande angular com campo de 123 graus e 5 megapixels.

Talvez as melhorias mais importantes estejam na S-Pen, que vem inclusa no pacote. Assim como acontece nos últimos iPad Pro, a S-Pen se cola magneticamente na parte de trás do Tab S6 e usa carregamento sem fio para manter sua bateria completa enquanto não está em uso.

Uma das coisas que eu mais gostei foi como a Samsung desenhou a capinha dobrável do Tab S6 (que custa US$ 60) e a capinha com teclado (que sai por US$ 180). Elas incluem um pequeno furo que ajuda a S-Pen a ficar firme no tablet, mesmo quando você o coloca na mochila. Foi uma solução melhor do que a capinha do Tab S4 e da opção básica do iPad Pro.

Quando o assunto é produtividade e usar o Tab S6 como um laptop, a sua maior vantagem sobre o iPad Pro é o fato de a capinha com teclado vir com um touchpad. Ou seja, você não tem nenhum prejuízo em relação a experiência tradicional de um notebook. A Samsung também tornou a transição entre o Android 9 e o modo desktop DeX mais fácil, graças a um atalho de teclado.

Falando de especificações, o Galaxy Tab S6 vem com alto-falantes AKG, uma tela OLED brilhante de 10,5 polegadas com resolução de 2560×1600 pixels e um modo Gamebooster com inteligência artificial para ajudar a melhorar a performance e autonomia de bateria do tablet.

A Samsung diz que o Tab S6 possui até uma integração especial com o Discord para Android, o que deve tornar mais fácil se manter atualizado em diferentes chats. Essa função, no entanto, ainda não estava disponível durante os meus testes.

Uma decisão de design que eu achei interessante durante o uso foi a opção pela proporção 16:10 da tela, em vez das proporções 3:2 ou 4:3 que se tornou comum entre os tablets e laptops focados em produtividade.

Quando eu perguntei a um porta-voz da Samsung sobre a razão disso, eles me responderam que, após testar vários opções, a proporção 16:10 ofereceu um terreno melhor tanto para consumir entretenimento quanto para tarefas de trabalho, o que faz bastante sentido para um aparelho que quer jogar nos dois times.

As capinhas do Galaxy Tab S6 estarão disponível, pelo menos nos EUA, em três cores: cinza, azul nuvem e rosa blush. Elas podem parecer feias, mas devem garantir que você não perca a nova S-Pen. Foto: Sam Rutherford/Gizmodo

Dito isso, por mais que o Galaxy Tab S6 pareça bom, ainda que eu sinta falta de uma entrada de fone de ouvido, existe uma coisa que faz falta: uma opção maior, de 12 ou 13 polegadas, para competir contra o iPad Pro de 12,9″. A Samsung não comenta sobre futuros dispositivos, mas eu não ficaria surpreso se a marca decidisse lançar uma versão maior no futuro próximo.

O Galaxy Tab S6 entrará em pré-venda nos Estados Unidos no dia 23 de agosto. O lançamento oficial por lá está programado para o dia 6 de setembro. Haverá ainda um modelo com 4G LTE, que será lançado mais para frente. Ainda não há informações sobre disponibilidade e preço no Brasil.