Há pouco menos de uma semana do anúncio oficial do Galaxy Note 10, estamos descobrindo aos poucos o que a Samsung está reservando para o seu smartphone topo de linha do segundo semestre — o do primeiro, é a linha Galaxy S. E dessa vez, o vazamento só confirma uma ideia que está aí há um tempo: que a Samsung iria acabar deixando a entrada tradicional de fone de ouvido de lado em seu novo smartphone.

De acordo com o SamMobile, a Samsung não só vai acabar com a entrada convencional, como também oferecer um rabicho para que os donos de Galaxy Note 10 possam utilizar seus fones de ouvido convencionais. Junto com o aparelho, deve vir um fone de ouvido AKG com suporte à cancelamento de ruído com conexão USB-C.

Modelos do Galaxy Note 10 e Galaxy Note 10 +Os de cima são os Note 10+, enquanto os de baixo são os Note 10; a diferença deles está no tamanho e nas câmeras. Crédito: evleaks

O rabicho (ou dongle, no termo chique em inglês) é muito parecido com outros oferecidos pela Apple ou a Motorola, e seu uso não tem muito segredo. A grande desvantagem é que, por ser pequeno, pode ser facilmente perdido pelo usuário.

Fora essa questão do rabicho, sabemos, por meio de vazamentos, que o Galaxy Note 10 terá tela de 6,2 polegadas, enquanto a versão maior terá 6,8 polegadas. Eles contarão com chip Qualcomm Snadpragon 855+, porém em alguns mercados será o chip Exynos, de fabricação da própria Samsung, e que nos EUA deverão ter modelos com Snapdragon 855.

Rabicho usado no Galaxy Note 10Crédito: Sam Mobile

A Samsung até o momento foi a única marca que continuou com a entrada de fone de ouvido convencional de 3,5 mm em seus aparelhos topo de linha. Entre os concorrentes do mundo Android, as fabricantes resolveram tirar a entrada de fone de ouvido em smartphones mais sofisticados, enquanto as linhas mais básicas mantêm a tradicional saída de som. A Apple foi a pioneira ao incluir esses rabichos a partir do iPhone 7. Em modelos mais novos, os smartphones da maçã vem com um fone de ouvido Lightning.

[SamMobile]