A Transport for London, órgão governamental responsável pelo transporte na Grande Londres, anunciou um teste em grande escala do Intelligent Speed Adaption, sistema que usa informações de ruas e GPS para evitar o excesso de velocidade.

O “Daily Mail” montou o infográfico acima para explicar como o ISA funciona. É simples: carros monitorados por satélite são equipados com computadores que contêm informações sobre o limite de velocidade nas vias públicas. No modo “conselho”, o mostrador no painel indica se você precisa diminuir a velocidade e mostra uma carinha que sorri se você obedece o limite e fica triste se não o faz. No modo “voluntário”, o computador controla a velocidade do seu carro, desacelerando o veículo para que ele respeite o limite.

É claro que isso pode gerar preocupações sobre privacidade, mas o sistema não chega a ser orwelliano. O teste inclui apenas alguns carros, um ônibus e um táxi – os cidadãos não serão forçados a participar. Um botão permite que o motorista desative o sistema – pela minha experiência com táxis londrinos, suspeito que será muito usado (além de servir como um brilhante assunto para conversas).

De qualquer maneira, controle de velocidade por satélite? É pior do que câmeras. E a mera existência dessa tecnologia – sem falar no envolvimento do governo – certamente parece ser um passo na direção errada, ainda que esse uso em particular seja relativamente benigno. [Daily Mail]