Assim como Daniel sem João Paulo e Leonardo sem Leandro, a Sony não terá mais a Ericsson ao seu lado na fabricação de smartphones. A gigante japonesa anunciou que irá adquirir todas as ações da Ericsson na parceria Sony Ericsson.

A Sony irá pagar cerca de 1 bilhão de Euros para a Ericsson pelas ações da SE (metade da empresa), além de levar as patentes e licenças no pacote. A parceria havia completado 10 anos em 2011, e recentemente a empresa anunciou que a divisão de celulares  teria foco apenas em smartphones em 2012. Segundo o TechRadar, o clima esquentou entre as empresas pelas ameaças que Microsoft e Apple criaram no mercado de celulares inteligentes.

A ideia da Sony é acelerar a criação de smartphones que se conectem a tablets, televisores e outros aparelhos da empresa, em busca da casa conectada. A compra também deve significar o fim da participação da Ericsson no mercado móvel — hora de voltar para o mundo das redes, onde a empresa tem muito cacoete. [TechRadar via Gizmodo UK]