Após alguns anos de lançamentos sem brilho, os telefones Xperia da Sony meio que desapareceram — nos EUA, eles normalmente estão disponíveis apenas desbloqueados e não são vendidos por operadoras, e no Brasil e em outras partes do mundo, a empresa parou de vender seus aparelhos. Mas o Xperia 5 II, anunciado nesta quinta (17), parece pequeno e elegante e tem algumas especificações e recursos surpreendentemente interessantes.

Ostentando uma tela OLED 21:9 de 6,1 polegadas, o Xperia 5 II parece ser uma versão menor do Xperia 1 II. No entanto, ele tem alguns recursos novos não encontrados em seu irmão maior. O mais notável é uma taxa de atualização de 120 Hz, primeira vez que a Sony emprega a tecnologia.

Foto: Sony

A Sony também aumentou a taxa de amostragem de toque da tela do Xperia 5 II para 240 Hz. Junto com o modo Game Enhancer do telefone e o novo recurso HS Power Control da Sony, que permite que você abasteça o telefone sem carregar a bateria quando conectado (o que supostamente reduz o calor do carregamento e diminui a velocidade do telefone), a Sony diz que o Xperia 5 II deve ser um poderoso dispositivo de jogos.

Na parte traseira, o Xperia 5 II oferece três câmeras traseiras de 12 MP com lentes equivalentes às 16 mm, 24 mm e 70 mm de uma full frame. A Sony diz que elas foram projetadas para cobrir todas as principais distâncias focais que os fotógrafos normalmente exigem.

E assim como a câmera mirrorless da marca, que é líder da categoria, o Xperia 5 II também vem com rastreamento de assunto em tempo real, foco automático nos olhos e a capacidade de fotografar continuamente a até 20 fps com exposição e foco automáticos. Outra novidade é que a Sony afirma que o Xperia 5 II é o primeiro telefone a oferecer suporte para captura de vídeo em câmera lenta de 120 fps em 4K com HDR.

Foto: Sony

Enquanto isso, por dentro, o Xperia 5 II também oferece especificações completas de alto nível, incluindo um chip Snapdragon 865, 8 GB de RAM, 128 GB de armazenamento básico, slot para cartão microSD e um conector de fone de ouvido com certificação de áudio de alta resolução.

E embora a Sony tenha ignorado o sofisticado leitor de impressão digital na tela que está se tornando mais comum em telefones de última geração, ele fica montado na lateral para fácil acesso.

Por fim, uma de suas especificações mais impressionantes é que, mesmo com suas dimensões menores, o Xperia 5 II também tem uma bateria de 4.000 mAh, que é do mesmo tamanho que a do Xperia 1 II, embora, infelizmente, pareça não haver suporte para carregamento sem fio.

E embora eu não diga que ele é lindo, também quero destacar o design do Xperia 5 II. De certa forma, com seus alto-falantes duplos e molduras de tamanho relativamente decente na parte superior e inferior de sua tela, o Xperia 5 II tem um estilo meio retrô, trazendo elementos de anos passados. É bem interessante e até esquisito, eu diria.

A Sony colocou até um botão do obturador para a câmera na lateral do aparelho, que é um recurso que sempre gostei nos celulares da marca, mas que quase nunca é usado por outras marcas.

Foto: Sony

Eu ainda não o vi pessoalmente, mas o Xperia 5 II está me dando as mesmas impressões que o Xperia 1 do ano passado, que para mim foi o telefone mais subestimado de 2019 (e eu gostei muito dele). No entanto, com um preço sugerido a partir de US$ 950, o Xperia 5 II definitivamente não é barato.