Enquanto a Apple se prepara para anunciar várias novidades nesta terça-feira (15), o Google confirmou um evento programado para o dia 30 de setembro, a partir das 15h pelo horário de Brasília.

O Google Launch Nite In, como é chamado o evento, deve servir de palco para que a companhia mostre um novo Chromecast, um novo alto-falante inteligente (que pode ser tanto um novo Nest ou Google Home) e smartphones da família Pixel. Convites para a imprensa começaram a ser enviados na manhã de segunda-feira (14), embora não esteja claro se o evento acontecerá ao vivo ou se será um vídeo pré-gravado. Esperamos que o Google divulgue um vídeo público no YouTube, como fez em mostras de produtos anteriores.

A empresa também enviou o convite ao Gizmodo Brasil, o que pode ser um indicativo de que pelo menos um dos novos produtos deve chegar por aqui. O mais provável é a nova versão do Chromecast, já que o País não esteve em lançamentos anteriores do Google Home ou dos smartphones Pixel.

Google confirma evento para 30 de setembro. Crédito: Google

O convite do Google para o Launch Night In. Imagem: Google

O Google não forneceu detalhes adicionais, mas há meses temos vistos relances dos novos dispositivos – seja na forma de vazamentos ou provocações oficiais da própria empresa.

Em junho, vazamentos revelaram detalhes sobre um novo Chromecast de codinome Sabrina. O aparelho seria um Chromecast Ultra atualizado com controle remoto dedicado e Android TV, em vez da interface mais básica do Chromecast. É esperado que o gadget ofereça suporte para vídeo em 4K, o que permitiria que o dispositivo se torne compatível com o serviço de streaming de jogos Stadia. Embora o preço não tenha sido confirmado, rumores sugerem que dongle será bastante acessível, custando entre US$ 50 e US$ 60 (respectivamente, R$ 263 e R$ 316 na cotação atual).

Também em junho, o Google lançou um teaser oficial de seu novo alto-falante inteligente da linha Nest, mostrando um pequeno dispositivo de mesa que parece ser um substituto para o atual Google Home, que está no mercado há quase quatro anos e não ganhou nenhuma nova versão.

Como outros aparelhos da família Nest, a nova caixa de som apresenta um esquema divertido de cores pastel junto com luzes indicadoras ocultas, enquanto que o material de fabricação parece ser o mesmo tecido sustentável usado pela companhia nos aparelhos da linha. Também não se sabem os preços, embora seja uma aposta segura chutar um valor na faixa de US$ 100 (R$ 527). Pense nisso como uma atualização mais cara para o Nest Mini, de US$ 50 (R$ 249 no Brasil), só que ainda mais acessível do que o Google Home Max de US$ 300 (R$ 1580).

Quanto aos novos Pixels, após o lançamento do Pixel 4a no início de agosto, o Google deve completar sua linha de telefones para 2020 com o Pixel 4a 5G e o Pixel 5. Com base em vazamentos anteriores, o Pixel 4a 5G deve ser uma versão maior do Pixel 4a com especificações um pouco melhores, suporte às redes móveis de quinta geração e uma tela maior de 6,1 ou 6,2 polegadas.

Em vez de criar um smartphone super premium como o Galaxy Note 20 Ultra da Samsung, parece que o Google vai apostar em um aparelho que não deixará de ser potente, mas com preço acessível. O celular deve vir equipado com um chip Snapdragon 765, câmeras traseira dupla e a já citada conectividade 5G. Uma coisa interessante a notar é que, ao contrário do Pixel 4, parece que o Pixel 5 não oferecerá suporte para Motion Sense ou reconhecimento facial 3D. Em vez disso, a companhia deve optar por um leitor de impressão digital simples para o desbloqueio do aparelho.

Isso é tudo o que sabemos por enquanto. Nos vemos em 30 de setembro para mais detalhes dos novos produtos do Google.

(Colaborou Caio Carvalho)