Um caso recente de injúria racial dentro de um servidor de GTA RP terminou em banimento.

A streamer Marina “Sakura” que vive a personagem Yara no servidor Kamikaze EP, detalhou o ocorrido em entrevista ao Globo Esporte. Marina diz que, no último final de semana, enquanto fazia uma transmissão, teve sua personagem criticada por estar usando tranças. 

O personagem “OZ”, cuja identidade não foi identificada, falou que a personagem “Yara”, vivida por Sakura, estava passando vergonha com o cabelo. No Twitter, uma página dedicada à denúncias de racismo divulgou o momento que ocorreram as injúrias. 

Em entrevista ao Globo Esporte, a streamer contou que passa por situações assim diariamente. “A gente passa por isso todos os dias em todos os lugares, no online não é diferente. Mas focando nas experiências nos jogos, eu como mulher preta já presenciei vários ataques racistas para outras pessoas e também direcionados a mim”, explicou. 

Sakura tem 35 anos e trabalha com a criação de conteúdo na internet há cinco. Nos últimos três, seu foco é o GTA RP. Durante a entrevista, ela também explicou que a administração do servidor implantou as tranças naquele mesmo dia a pedido dela mesma. 

“Eu estava muito feliz, mas logo que a gente foi colocar, já havia outros jogadores fazendo uns comentários ruins sobre os cabelos no salão do jogo mesmo. Eu decidi sair de perto e fui com minha personagem para outro local para tirar umas fotos e comemorar esse passo com os meus espectadores”, relembrou. 

Não demorou muito para as críticas e comentários desnecessários começarem diretamente a Marina, que mal conseguiu reagir às “piadas” na hora do ocorrido. “Para ele, a nossa cultura e os nossos cabelos são uma piada. Na hora eu fiquei frustrada e nem consegui reagir direito, porque ele literalmente veio atrás de mim pra falar essas coisas. Depois, como geralmente faço, expliquei pros espectadores por que aquilo era errado e seguimos” explicou.

Depois do ocorrido, OZ reclamou da atitude de Sakura com amigos em um aplicativo de mensagens. O streamer disse que ele apenas brincou e ela “falou que era racismo”. 

O streamer Joaquim “joaks”, que interpreta o personagem James, respondeu dizendo que a streamer Sakura “é cheia de querer lacrar”. Luís “Gordão”, enviou uma foto de Sakura no grupo dizendo que ela é branca: “tem nada de preto aí”, disse. E na sequência enviou figurinhas de teor racista.

Ao GE, os responsáveis pelo Kamikaze RP disseram que o servidor tem regras de conduta quanto a racismo, homofobia, xenofobia e outros crimes. E que baniu o jogador OZ assim que tomou conhecimento do caso.

O Kamikaze RP informou ainda que os jogadores joks e Luis já estavam banidos do servidor por outros motivos. E que presta apoio às vítimas que sofrem esses crimes dentro do jogo.