Sumner Redstone, bilionário e magnata da mídia americano de 94 anos, está bem doente. Ele não consegue falar, mas continua nas manchetes com o seu poderio e influência na emissora CBS e no conglomerado de mídia Viacom. Como ele se comunicará quando acontecer a fusão CBS-Viacom? De acordo com pessoas próximas, ele possui um iPad equipado com frases como “sim”, “não” e “foda-se”. Tudo ao alcance do dedo.

• Talkative: o app brasileiro criado para auxiliar pessoas com dificuldades de comunicação
• Pornhub, o maior site adulto do mundo, já oferece funções de acessibilidade para cegos

Sumner Redstone não é um cara muito simpático. Há alegações de que ele gastou dezenas de milhões de dólares pagando acompanhantes (algumas jovens adultas) e é conhecido por ser um baita de um otário. Mas a gente tem que reconhecê-lo por usar as tecnologias mais modernas disponíveis no mercado; ele se mantém atualizado.

E ele usa a tecnologia, é claro, para ser um babaca.

Do Wall Street Journal:

Surgiram alguns questionamentos nos últimos anos sobre a saúde mental do senhor Redstone. Para ajudá-lo a se comunicar, algumas pessoas que o encontraram recentemente disseram que ele tem um iPad carregado com trechos de sua própria voz, conectados a botões para palavras ou frases incluindo “sim”, “não” e “foda-se”.

A questão que fica no ar é: qual aplicativo Redstone usa para se comunicar? É um simples memorizador de voz configurado ou ele pediu que desenvolvessem algo especificamente para o propósito de xingar as pessoas?

A fortuna de Redstone é avaliada em cerca de US$ 5,1 bilhões, então não seria um absurdo que ele pagasse por algo personalizado. Mas não sabemos. Um pedido de comentário por meio de um batsinal satânico não foi respondido imediatamente.

Tudo o que sabemos é que a filha de Redstone e sua ex-namorada estão numa briga judicial pelas propriedades do magnata. Ele nem está morto ainda, mas acho que pessoas terríveis precisam começar logo uma batalha judicial quando há muito dinheiro em jogo.

[Wall Street Journal]

Atualização: o título do post estava errado, pois Redstone é bilionário, e não milionário.

Foto do topo: Getty