Os proprietários do Microsoft Xbox ficarão chateados ao saber que humanos ouviam alguns de seus comandos de voz. O Motherboard falou recentemente com vários terceirizados da Microsoft que disseram ter sido contratados pela empresa para revisar os comandos de voz do Xbox e da Cortana para melhorar a tecnologia. Esse é o mesmo tipo de coisa que tem acontecido com todos os tipos de assistentes de voz ultimamente. Mesmo assim, continua sendo perturbador.

Esta última matéria é um desdobramento de outra do Motherboard sobre a Microsoft, que dizia que a empresa contratou terceirizados para ouvir as gravações do Skype. Parece que uma equipe similar também foi recrutada para revisar as gravações do Xbox e treinar o software por trás os recursos de controle de voz. Um desses trabalhadores disse que “a maioria das vozes ouvidas era de crianças”, o que é assustador.

Ainda assim, é óbvio agora que adicionar controle de voz a vários dispositivos normalmente envolve pessoas ouvindo nossas gravações. A tecnologia que capacita o controle de voz e os assistentes simplesmente exige uma revisão humana para melhorar. Também está muito claro que as empresas que construíram essa tecnologia fizeram um trabalho terrível na comunicação sobre esse envolvimento humano aos usuários.

Desde que as primeiras matérias surgiram mostrando que humanos estavam revisando as gravações da Amazon Alexa, descobrimos que equipes semelhantes estavam trabalhando na Apple, no Google e no Facebook.

Essas três empresas, desde então, suspenderam seus processos de revisão humana. A Amazon, entretanto, ofereceu aos usuários a opção de optar por não ser incluído no processo de revisão humana. E, após as reportagens do Motherboard, a Microsoft atualizou sua política de privacidade para especificar que o “processamento de dados pessoais para essas finalidades inclui métodos de processamento automatizados e manuais (humanos)”.

Um porta-voz da Microsoft nos enviou a seguinte declaração:

Paramos de analisar qualquer conteúdo de voz obtido por meio do Xbox para fins de aprimoramento de produtos há alguns meses, pois já não considerávamos necessário, e não temos planos de reiniciar essas avaliações. Ocasionalmente, revisamos um volume baixo de gravações de voz enviadas de um usuário do Xbox para outro quando há relatos de que uma gravação violou nossos termos de serviço e precisamos investigar. Isso é feito para manter a comunidade do Xbox segura e está claramente indicado nos termos de serviço do Xbox.