Por mais que o Facebook seja uma rede social segura – adotando mecanismos que protegem a privacidade dos usuários – isso não significa que ela seja totalmente à prova de hackers.

Infelizmente, existem muitos cenários diferentes que podem fazer com que terceiros tenham acesso a sua conta no Facebook.

Pode ser aquele familiar ou amigo que pede o computador ou telefone emprestado e ganha acesso temporário a sua conta na rede social. Pode acontecer de você esquecer o seu perfil logado em dispositivos que são utilizados por outros. Assim como aqueles que querem se passar por você, utilizando sua foto e nome para abrir uma conta fake.

Entretanto, o pior dos mundos, é quando alguém descobre a sua senha e assume o controle total do seu perfil pessoal.

Para ajudar nesses casos, aqui estão algumas dicas para resolver a situação e evitar novos problemas no futuro.

Cancele o acesso de terceiros

Se você ainda tem acesso ao seu perfil no Facebook, mas suspeita que outras pessoas estão utilizando a sua conta, acesse a página de “Segurança e Login” do Facebook, disponível na opção “Configurações e Privacidade”.

Lá, é possível verificar em quais dispositivos a sua conta está logada – incluindo a localização – permitindo cancelar o acesso naqueles aparelhos que você desconhece, basta clicar nos “três pontos”.

Por questão de segurança, é recomendado cancelar o acesso naqueles dispositivos que faz muito tempo que você não utiliza.

 

Denunciar perfis falsos

No caso de alguém estar tentando passar por você, o caminho pode ser simplesmente ignorar o perfil fake e avisar os seus amigos sobre a fraude.

Entretanto, o próprio Facebook oferece uma ferramenta de denúncia. Para isso, basta acessar o perfil falso, clicar no botão com os três pontos e selecionar “Obter apoio ou denunciar perfil”.

É possível notificar o Facebook que o usuário finge ser outra pessoa, que é uma conta falsa ou utiliza um nome falso.

Restabelecer conta hackeada

No caso do roubo de uma conta, é possível utilizar a ferramenta de denúncia de hackers do Facebook, por meio do link: facebook.com/hacked

O problema dessa ferramenta é que você precisa estar logado em uma conta do Facebook, algo difícil para quem teve o perfil roubado. Porém, o recurso pode ser utilizado em um perfil de um  amigo disposto a ajudar.

Na tela, basta selecionar a opção “Outra pessoa entrou na minha conta sem minha permissão” e seguir as orientações da tela.

Medidas para prevenir problemas de segurança

Se você ainda não foi hackeado – ou já foi e quer evitar a dor de cabeça no futuro – experimente aumentar os mecanismos de segurança da sua conta no Facebook.

Você pode fazer isso trocando a sua senha regularmente e utilizando a autenticação de dois fatores (também conhecida como 2FA), por meio de um aplicativo, como o Google Authenticator, por exemplo.

Além disso, utilize seu nome real no perfil do Facebook, além de informar corretamente a sua data de nascimento. Em uma possível perda de conta, o Facebook pode solicitar essas informações básicas para confirmar a propriedade da sua conta.

Aproveite e verifique se o número de telefone atual está cadastrado na plataforma e configure para receber notificações de segurança no seu e-mail.

Remova aplicativos e sites que estão conectados com o seu perfil. Por mais que as credenciais do Facebook facilitem a vida para acessá-los, no caso de uma invasão, o hacker passa a ter automaticamente acesso a todos esses outros serviços que você possui conta.

Evite também deixar um cartão de crédito cadastrado na plataforma Facebook Pay caso não pretenda utilizar a todo momento o meio de pagamento. Isso evita que terceiros possam ter acesso a essa informação.

E, finalmente, caso tenha uma página no Facebook, certifique-se de que pelo menos duas pessoas estão configuradas como “administrador”. Se sua conta comercial for hackeada e você for o único administrador, será quase impossível recuperá-la.