O The Daily, aquele jornal para iPad lançado em 2011, vai encerrar as suas operações no dia 15 de dezembro, menos de dois anos depois de ser lançado.

O jornal saiu no começo do ano passado com grandes nomes por trás e a expectativa em torno dele era enorme. A Apple apoiava oficialmente e ele fazia parte do grupo News Corp, de Rupert Murdoch, magnata das comunicações. Ele era considerado a “salvação da indústria da mídia impressa” e inaugurava uma nova era para a imprensa: agora as notícias seriam lidas nos tablets. Mas não foi para frente.

O que aconteceu? Murdoch explica:

Nós não conseguimos encontrar uma audiência grande o suficiente e rapidamente para nos convencer de que o modelo de negócios era sustentável a longo prazo

O The Daily não era caro. Ele custava US$ 0,99 por semana ou US$ 39,99 por ano. Mas ainda assim parece não ter atraído tanta gente quanto se esperava.

Por mais que o jornal tenha saído inicialmente apenas para iPad, ele foi expandido para outras plataformas e usuários de Android, iPhone e do Kindle Fire também já conseguiam ler as notícias, mas com preços diferentes dos praticados na versão de iPad.

Mas talvez o problema não tenha sido apenas o público. A News Corp passa por uma reestruturação interna e isso contribuiu bastante para o fechamento do jornal – que desde o meio do ano estava sob observação e era uma opção de corte de custos na empresa.

Os jornalistas do The Daily não devem perder o emprego – ao menos parte deles será incorporada a equipe do The New York Post, um dos jornais impressos do grupo. E Murdoch ainda tem planos de usar a marca “The Daily” em outros canais. Ele disse que pretende “aproveitar o melhor que aprenderam com o The Daily e aplicar em todas as outras propriedades”.

E, para o futuro do jornalismo em tablets, algumas boas opções ainda estão no mercado. Uma delas é o Next Issue, um app de assinatura de revistas para smartphones e tablets. Ele funciona como um Netflix para revistas – você paga uma taxa mensal e tem acesso a diversas publicações diferentes para ler em seu tablet. Não são revistas desenvolvidas exclusivamente para serem lidas em tablets, mas é uma forma interessante que a indústria pode usar para levar suas publicações para os dispositivos. [The Verge]