Thom Yorke, do Radiohead, lançou um novo álbum. Ele se chama Tomorrow’s Modern Boxes e está disponível para download via torrent.

Mas não é um download gratuito: Yorke, um grande crítico da indústria fonográfica em geral, aderiu ao BitTorrent Bundle para lançar seu novo disco. Quem quiser baixar pode pagar US$ 6 (ou R$ 14,55) para ter acesso a um torrent com um pacote com as oito canções, além de um vídeo para a música A Brain In a Bottle.

O BitTorrent Bundle é uma ferramenta lançada no ano passado para usar o protocolo de torrent para distribuição de conteúdo digital. É possível fazer download de alguns arquivos gratuitamente, mas quem escolher por pagar, tem acesso a um pacote com conteúdo extra. No caso do novo disco de Yorke, o torrent gratuito contém a música A Brain In a Bottle e um clipe para ela, enquanto a versão paga conta com as outras sete faixas que completam o álbum. Além das versões em mp3, será vendido um pacote de luxo por US$ 48 com o disco em vinil e arquivos em formato lossless.

A iniciativa serve para testar o uso do BitTorrent Bundle como alternativa para a venda de discos, como o site do BitTorrent explica:

Com um experimento estamos usando uma nova versão do BitTorrent para distribuir um novo álbum de Thom Yorke… É um experimento para ver se as mecânicas do sistema são algo que o público geral consegue entender. Se funcionar bem, pode ser uma forma eficiente de dar um pouco do controle do comércio na internet de volta para as pessoas que criam os trabalhos. Permitir que essas pessoas que fazem música, vídeos ou qualquer tipo de conteúdo digital vendam por conta própria. Ignorando os guardiões auto-eleitos. Se isso funcionar, qualquer um poderá fazer exatamente o que fizemos. O mecanismo de torrent não exige nenhum servidor para upload nem custos de armazenamento ou tolices na nuvem. É uma loja independente incorporável.

Como disse antes, Thom Yorke é um conhecido crítico da forma como a indústria fonográfica em geral funciona e não é de hoje. Ele já fez alguns experimentos com formas alternativas de distribuir seu trabalho. Em 2007, o disco In Rainbows, do Radiohead, foi lançado em um sistema “quer pagar quanto?”, no qual os fãs da banda escolhiam exatamente quanto de dinheiro queriam dar pelas músicas.

Ele também não gosta nenhum pouco dos serviços de streaming: ano passado, chamou o Spotify de “último peido desesperado de um cadáver moribundo”, defendendo que essas ferramentas são uma tentativa desesperada da indústria fonográfica se manter viva – e que, como acontecia no passado, os artistas independentes são prejudicados pela forma como o Spotify paga quem disponibiliza suas músicas por lá.

E como todos os lançamentos independentes de Yorke estão ausentes de serviços de streaming, a única forma de seus fãs conseguirem acesso legal ao novo disco é através do BitTorrent Bundle. Provavelmente ele vai vender muitos pacotes e mostrar que, de certa forma, o Bundle é uma alternativa viável para a distribuição de conteúdo digital. Mas Thom Yorke é um artista consolidado com uma grande quantidade de fãs espalhados pelo mundo – não podemos dizer o mesmo de muitas bandas que estão começando e só querem achar uma maneira simples de levar suas músicas para a maior quantidade possível de pessoas. Para elas, o Bundle pode não funcionar da mesma forma. [Tomorrow’s Modern BoxesBitTorrent]

Foto via Flickr