A Apple, há um ano, acusou a HTC de violar 20 patentes do iPhone. As acusações pareciam mirar direto no Android: a ação aberta na ITC (International Trade Comission), que regula a importação dos produtos nos EUA, acusava especificamente os aparelhos com Android de violarem patentes. Nesta sexta, a ITC decidiu que a HTC violou, sim, as patentes da Apple – e esta decisão pode ser um problema para as outras fabricantes que usam Android.

A decisão significa que produtos da HTC podem ser proibidos de entrar nos EUA a partir de dezembro. Para o Google, isto deve ser uma péssima notícia, já que duas patentes da Apple “são parte da arquitetura do Android, e não melhorias específicas feitas pela HTC”, segundo o especialista em patentes Florian Mueller.

Isto tornaria difícil simplesmente retirar do Android as partes cobertas pela patente da Apple: fazer isto significaria “mudanças na base da arquitetura do Android”, diz Mueller. De fato, como vimos na época, tirar as patentes da Apple tornaria o Nexus One uma aberração.

A decisão da ITC será revisada, e a palavra final deve sair em dezembro. [FOSS Patents via AppleInsider]