Um dos grandes baratos do Twitter é que ele não tem algoritmo: tudo que é postado lá aparece para todo mundo, o que pode ser caótico. A partir desta terça (17), a rede social quer dar uma “organizada” em conteúdos do serviço com o recurso de curadoria de notícias Moments. Ele vai estar disponível para web, Android e iOS.

O Brasil é o segundo a receber essa funcionalidade. O recurso conta com uma equipe de jornalistas que ficarão buscando assuntos relevantes e os organizarão em uma interface que lembra bastante o Flipboard, quando visto em um smartphone. Estes conteúdos também serão visualizáveis pela web. “O objetivo é colocar o que há de mais relevante na frente do usuário”, explica Carlos Moreira, diretor executivo de mídia do Twitter, durante evento realizado em São Paulo, no escritório da rede social.

twittermomoents

No jogo entre Brasil e Peru hoje, por exemplo, o Twitter mostrará na timeline uma notificação que reunirá conteúdos sobre a partida (posts de jogadores, veículos que estão cobrindo a partida e torcedores que estão no estádio ou nas redondezas).

Em eventos ao vivo, como o anteriormente citado, o usuário poderá segui-lo. Ao fazer isso, aparecerão tweets escolhidos pela equipe do Twitter na timeline do usuário com um pequeno raio (que é o símbolo do recurso) até o evento acabar.

Esses conteúdos poderão ser tweetados ou encontrados em uma nova área também chamada Moments, presente na web e nos apps para iOS e Android. Ele contará com compilação de notícias de cinco assuntos: hoje, notícias, esportes, diversão e entretenimento.

Além de conteúdos feitos pela equipe do Twitter, a rede social disponibilizou a ferramenta de criação de Moments para alguns sites. A princípio, Estadão (@Estadao), BuzzFeed (@BuzzFeedBrasil) e G1 (@g1) são alguns dos sites que poderão compilar tweets para fazer Moments. A empresa disse que com o tempo liberará a ferramenta para outros produtores de conteúdo.

Para ver alguns exemplos, a conta @TwitterMoments, administrada pela própria rede social, conta com alguns deles.

Por que é importante?

O Moments é importante pois ele pode ajudar o Twitter a fazer sentido para quem não está na rede social. Apesar do discurso de que “tudo é noticiado antes no Twitter”, o usuário que não está habituado, às vezes, não sabe a quem seguir para ter acesso a notícias ou as pessoas que falam assuntos que lhe interessam, ainda que o serviço ofereça sugestões de perfis.

Por mais que a rede tenha ressaltado a motivação “jornalística” da ferramenta, o Twitter também vai lançar o “promoted moments” — uma ferramenta em que marcas poderão patrocinar histórias. Esse, inclusive, é um dos pilares que a empresa aposta para fonte de renda, junto com parceria com emissoras de TV e de vídeo para ambientes móveis.

Resta saber se esse “protagonismo” que o Twitter quer ter vai pegar, e se isso é o suficiente para trazer mais usuários para o seu ninho, que conta com 320 milhões de usuários ativos por mês. Enquanto isso, o Facebook (que o Twitter nega ser um competidor) conta com mais de 1 bilhão de usuários por mês.

Imagem do topo: divulgação.