Após uma campanha que trazia duras críticas ao Twitter pela forma como a big tech trata posts de desinformação em sua plataforma, a empresa disponibilizou recurso que permite a denúncia de posts com conteúdo enganoso. A ferramenta que ainda está em testes também chegou para Filipinas e Espanha.

O novo recurso permite que os próprios usuários possam reportar ao Twitter, caso identifiquem alguma postagem com informações falsas. Para isso, basta ir no menu, indicado pelos três pontinhos, clicar em “denunciar tweet” e depois escolher a opção “as informações são enganosas”. Depois disso o usuário poderá especificar se a mensagem falsa é sobre política, saúde ou outro tema.

Caso clique na opção “política”, o usuário poderá ainda especificar à plataforma se a desinformação é sobre eleições ou outro assunto, e se for “saúde”, poderá apontar se o conteúdo tem informações falsas sobre a pandemia ou outro tema.

“Hoje estamos expandindo esse recurso ainda em teste para pessoas que tweetam do Brasil, Espanha ou Filipinas. Até agora, recebemos cerca de 3 milhões de relatórios de todos vocês, denunciando Tweets que violam nossas políticas e nos ajudando a entender novas tendências de desinformação. Fique ligado para o que vem por aí”

Tanto nas Filipinas como no Brasil, 2022 é ano eleitoral e a rede social planeja entender como sua ferramenta se comporta. O Twitter já tinha um sistema de detecção de posts com desinformação, mas o processo era todo feito de forma automatizada e apenas 50% de todos os tweets com fakes news eram detectados pelo mecanismo.