O Uber vem testando veículos autônomos nas estradas de Pittsburgh (EUA), e agora lançou uma frota separada de veículos de mapeamento.

Algumas imagens surgiram no Facebook mostrando um carro do Uber com equipamentos de detecção na parte superior. A empresa confirmou a informação ao TechCrunch e divulgou a foto acima.



Estes não são veículos autônomos: eles contam com motoristas humanos, e são mais parecidos com os carros que o Google vem usando há anos como parte de seu projeto Street View.

Na verdade, eles usam sistemas que foram criados pela Microsoft. Em junho, a empresa vendeu parte de sua divisão de mapas para o Uber – incluindo câmeras e carros – e deixou de coletar mapas aéreos, 3D e de rua.

Uber e mapeamento (2)

Um porta-voz do Uber explica ao TechCrunch:

Estes carros estão na estrada nos últimos meses coletando imagens que vão ajudar a melhorar os recursos de mapeamento que são parte integrante da experiência Uber – tais como roteamento e estimativa de tempo de chegada.

Na verdade, eles podem estar preparando algo além disso. A maioria dos veículos autônomos anda por ruas e rodovias usando mapas 3D repletos de informações, conhecidos como mapas prévios, que são criados usando tecnologias como LIDAR. O Uber poderia estar criando esses mapas com os carros que adquiriu da Microsoft – mas, por enquanto, isso é especulação.

O CEO do Uber, Travis Kalanick, disse várias vezes que o futuro do seu serviço vai incluir carros autônomos. Em fevereiro, a empresa criou um laboratório de pesquisa em robótica para “dar o pontapé inicial no desenvolvimento de uma frota autônoma”.

[TechCrunch]

Fotos por Sidney Reed para Uber/sidneyreed.com e Darren Watson