Usain Bolt, ex-velocista jamaicano que recebeu o título de “homem mais rápido do mundo”, está lançando uma nova coleção de itens exclusivos em NFTs. Aposentado do atletismo desde 2017, ele também está apostando na carreira musical, como DJ e cantor.

Os itens digitais colecionáveis fazem referência a cinco momentos icônicos da carreira de Bolt e as cidades em que eles ocorreram. Entre os momentos estão, por exemplo, o ouro conquistado durante as Olimpíadas de Pequim, em 2008.

A nova coleção foi divulgada nesta quinta-feira (24), e é chamada de “Tracks and Records”. Curiosamente o mesmo nome da cadeia global de restaurantes que foi cofundada pelo ex-atleta.

Ao todo, serão disponibilizados 16.600 itens colecionáveis, por meio de caixas misteriosas que custam US$ 25 (R$ 120 na cotação atual do dólar). A novidade é fruto de uma parceria com a empresa Autograph, que já disponibilizava NFTs de outros esportistas famosos, como Simone Biles, Naomi Osaka, Derek Jeter, Tony Hawk, Wayne Gretzky e Tiger Woods. Os itens são vendidos por meio da DraftKings Marketplace.

“Estou honrado em me juntar à Autograph, pois eles continuam a adicionar atletas lendários à equipe e fornecem uma plataforma que me conecta de maneira única tanto com meus fãs quanto com novas comunidades”, disse Bolt.

Carreira musical de Usain Bolt

O interesse pela música começou em 2020, quando Bolt entrou em estúdio junto com a banda Ultimate Rejects, de Trinidad e Tobago, para lançar o remix da música “Energy to Burn”.

Mais recentemente, em 2021, o jamaicano anunciou o lançamento do seu primeiro álbum de reggae, o “Country Yutes”, que também ganhou uma referência na coleção digital de NFTs. Em julho passado, Usain Bolt já havia liberado um primeiro single do álbum, com a faixa “It’s A Party”, incluindo o clipe abaixo:

“Quero chegar ao topo. Quero ganhar Grammys com minha música, discos de platina, e é nisso que estamos trabalhando. Estou na música [há] tipo um ano, e acho que, agora, as pessoas estão vendo que estou levando a música a sério”, disse Bolt ao locutor esportivo Jim Gray.