A MTA, companhia responsável pelo transporte público em Nova York, está cobrando a mais dos usuários novamente. Os passageiros relataram ter visto cobranças de US$ 2,75 (valor da tarifa local) em suas contas Apple Pay depois de passarem perto de leitores de tarifa OMNY por aproximação, mesmo quando usaram os MetroCards físicos. Isso aparentemente está acontecendo em nenhuma outra cidade além de Nova York.

A MTA confirmou em comunicado que recebeu cerca de 30 reclamações. Com certeza, alguém tuitou meia hora antes desta publicação que havia sido cobrado acidentalmente na estação 66th Street-Lincoln Center. Mais passageiros reclamaram nas redes sociais que eles foram cobrados duas vezes, o que acompanha um recente relato da Gothamist. As mesmas reclamações não foram relatadas em outras cidades com o sistema Express Transit, incluindo Pequim, Xangai, Londres, Portland e Tóquio, que possuem tecnologia personalizada. Para ser justo, o Twitter mostra muitas reclamações sobre cobranças a mais em Londres.



Mas: a Apple faz parte desses roubos de US$ 2,75??? O modo Express Transit, disponível no iOS 12.3 ou posterior, é ativado automaticamente para clientes Apple Pay e realiza o pagamento quando os usuários tocam na área correta da catraca sem a etapa intermediária de forçar os usuários a desbloquear seus dispositivos. Portanto, se isso se aplica a você e você está em Nova York, há uma chance de que você aproximou seu telefone da tela do OMNY e foi cobrado.

Você recebe um aviso. Atualizar o iOS para 12.3 ou posterior (em Nova York), entrar na área de Nova York e configurar o Apple Pay acionará uma notificação automática explicando como o Express Transit funciona. É possível que isso já tenha acontecido com você. Você pode desativá-lo acessando Configurações> Carteira e Apple Pay> Express Transit Card e escolher a opção “nenhum”.

Em comunicado, o executivo da OMNY Al Putre disse que o sistema é um “grande sucesso que está funcionando bem para a maioria das pessoas” e acrescentou que está trabalhando no problema da Apple. A Apple diz que “[milhões] de clientes em cidades como Xangai, Tóquio, Londres e Portland desfrutam da conveniência do Apple Pay Express Transit todos os dias”.

Hummm. Defensiva. Suspeito. De quem quer que seja a culpa, é melhor corrigirem isso, porque a MTA espera implementar o sistema OMNY em toda a cidade até o final deste ano e substituir gradualmente os leitores por aplicativo e cartões por aproximação até 2023, e o sistema atual de passar cartões é literalmente a única coisa que funciona na cidade. Mesmo assim, eu nunca vi duas máquinas totalmente operacionais lado a lado no metrô.

Entrar em uma briga por isso, pode ser uma perda de tempo. O MTA está atualmente ocupado com obras para impedir que as pessoas caiam dos trens. As pessoas até podem obter um reembolso se reclamarem, mas elas provavelmente estão mais preocupadas em chegar em casa logo.