Nesta sexta-feira (8), quatro tripulantes deixaram a plataforma 39A do Centro Espacial Kennedy da NASA, na Flórida, rumo à Estação Espacial Internacional (ISS). O lançamento ocorreu às 12h17 (horário de Brasília), com previsão de chegada para amanhã (9) às 8h30. 

Os astronautas partiram a bordo de um foguete Falcon 9, da SpaceX. A missão Ax-1 foi idealizada pela Axiom Space e marca o primeiro voo tripulado da empresa. Além disso, essa é a primeira missão totalmente privada para o espaço — ou seja, sem apoio de agências espaciais estatais, como a NASA ou a ESA.

Falcon 9 - Missão privada
Foguete Falcon 9, da SpaceX, segundo antes do lançamento ser iniciado. Imagem: Axiom Space/YouTube/Reprodução

Inicialmente, a viagem estava planejada para ocorrer no dia 30 de março, mas sofreu dois adiamentos neste intervalo. Os responsáveis pela missão não explicaram os motivos que levaram aos atrasos.

A tripulação é formada por Michael López-Alegría, astronauta espanhol aposentado da NASA e comandante da missão, Larry Connor, empresário norte-americano e piloto acrobático, Mark Pathy, empreendedor e filantropo canadense, e Eytan Stibbe, investidor e ex-piloto da Força Aérea de Israel. 

Astronautas da missão privada ocupam a Crew Dragon. Imagem: Axiom Space/YouTube/Reprodução

Os três últimos citados parecem ter desembolsado o valor de US$ 55 milhões por seus assentos. Mesmo assim, não irão à ISS apenas a passeio. Durante os dez dias que passarão no espaço, o grupo deverá realizar mais de 20 estudos científicos. 

Entre eles, está o teste do capacete desenvolvido pela startup israelense brain.space, que tem como objetivo medir a atividade cerebral do usuário. Saiba detalhes neste texto do Gizmodo Brasil.

A missão marca um grande passo para a Axiom Space, que foi escolhida pela NASA para desenvolver uma ala comercial para a ISS. O primeiro módulo deve ser lançado à estação em 2024.

O lançamento foi transmitido pela Axiom Space em seu canal do YouTube. Confira as cenas.